Diretor do Chuva de Bala em 2002, Abujamra morre aos 82 anos.

Abujamra dirigiu o Chuva de Bala em 2002, com grande
beleza e força poética



28 de ABRIL de 2015 - O ator, dramaturgo e diretor de teatro Antônio Abujamra morreu nesta terça-feira, 28, aos 82 anos, em casa, São Paulo. Em 2002, ele foi o diretor geral do espetáculo Chuva de Bala no País de Mossoró, que é encenado desde então todos os anos dentro da programação do Mossoró Cidade Junina, contanto a história em que Lampião e seu bando foram expulsos da cidade.

A causa da morte ainda não foi divulgada. O apresentador do programa Provocações, da TV Cultura, era conhecido no meio artístico como Abu e deixa dois filhos e dois netos.

No Chuva de Bala que comandou há 13 anos, Abu criou um espetáculo de grande beleza e força poética, misturando desde máscaras no estilo da Comédia Dell’Arte até o coro grego, utilizando com muita sabedoria não só recursos tecnológicos de última geração para aquela época, como o talento inegável dos atores mossoroenses.

Três grandes tablados foram montados na entrada principal da Igreja de São Vicente – onde acontece a encenação. Em um dos palcos laterais, o mais alto, Abujamra era o narrador onisciente da história.

Abujamra trabalhou também como diretor da extinta TV Tupi. Em 1998, participou do júri do Festival Mundial de Televisão de Monte Carlo, no principado de Mônaco, como o único convidado latino-americano, ao lado de estrelas do cinema mundial como Claudia Cardinale, Annie Girardot e Yehudi Menuhin.

O trabalho de Abujamra inspirou parentes. Ele tem um filho ator e músico, André Abujamra; além de duas sobrinhas, as atrizes Clarisse Abujamra e Iara Jamra.

Desde 6 de agosto de 2000, ele apresentava o programa Provocações, da TV Cultura, exibido todas as terças-feiras, às 23h30, com reapresentação na madrugada de quarta para quinta-feira, às 4h30. Este programa vinha sendo retransmitido pela TV Brasil.


Retirado do Gazeta do Oeste.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Publicidade

Publicidade
Ligue - 84991663869