Trabalhadores mantidos em regime de escravidão são resgatados na BA


Trabalhadores estavam alojados em curral, ao lado de 
cavalos, sem as mínimas condições de higiene 
(Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal)


31 de MAIO de 2016 - Cinco trabalhadores rurais que eram mantidos em condições análogas à escravidão em uma fazenda da zona rural do município de Vitória da Conquista, região sudoeste da Bahia, foram resgatados na última segunda-feira (30), por uma força tarefa comandanda pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Comissão Estadual de Erradicação do Trabalho Escravo (COETRAE/SJDHDS) e Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS).

Carne consumida pelos trabalhadores
era
conservada no sal e ficava pendurada em
varal
(Foto: Divulgação/Polícia
Rodoviária Federal)


Segundo informações da PRF, durante as inspeções realizadas no local, foi verificado que os empregados dormiam dentro de um curral, ao lado de cavalos, em camas improvisadas, sem sanitários, sem condições mínimas de higiene, e com um fogareiro aceso ao lado dos colchonetes de espuma.

Eles também não tinham as carteiras de trabalho assinadas, nem realizaram exames médicos admissionais. Os cinco homens, contratados há dois meses pelo proprietário da fazenda para realizar atividade de roçagem do pasto, trabalhavam sem qualquer tipo de Equipamento de Proteção Individual (EPI).

Ainda de acordo com a PRF, um dos trabalhadores chegou a sofrer um corte no dedo e mesmo assim foi obrigado a trabalhar. Além disso, a carne que consumiam era conservada em sal e ficava pendurada em um varal, dentro do curral.

O dono da fazenda, situada a cerca de 20 km do centro de Vitória da Conquista, foi preso em flagrante pelo crime previsto no Art. 149 do Código Penal (redução à condição análoga à de escravo) e foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal (PF) em Vitória da Conquista. Além disso, foi entregue o relatório da fiscalização realizada para a PF, bem como para o Ministério Público Federal (MPF), para subsidiar a investigação do crime.

Fogareiro ficava ao lado dos colchonetes
de
espuma
(Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária
Federal)


A PRF destacou que as carteiras de trabalho dos empregados resgatados serão expedidas ainda nesta terça-feira (31), bem como será feita a liberação das guias de seguro-desemprego dos cinco. Eles recebiam o pagamento de R$ 40 por dia trabalhado.

Além de ter solicitado a assinatura da carteira de trabalho dos cinco homens, o MPT exigiu o pagamento das rescisões devidas, cujos valores giram em torno de R$ 20 mil. Segundo a PRF, será ajuizada uma ação civil pública junto à Vara do Trabalho solicitando uma indenização pelos danos morais individuais e coletivos praticados, além do pedido de expropriação da terra.

A polícia informou que, em razão da precariedade do alojamento, os trabalhadores foram retirados do local pela PRF, e foram levados às suas residências, no município de Itambé, localizado a cerca de 55 quilômetros de Vitória da Conquista.

Os trabalhadores receberão três parcelas de seguro-desemprego. O alojamento foi interditado pelos auditores, e os serviços no estabelecimento rural só poderão ser retomados após a correção das irregularidades encontradas.

Trabalhadores foram retitados do local e levados para 
as residências deles, que ficam na cidade de Itambé 
(Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal)

Força terafa foi comandanda pelo Ministério Público 
do Trabalho (MPT), com o apoio da Polícia Rodoviária 
Federal (PRF), Comissão Estadual de Erradicação do 
Trabalho Escravo (COETRAE/SJDHDS) e Ministério 
do Trabalho e Previdência Social (MTPS) 
(Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal)


Do G1 BA

Senado aprova pena de até 16 anos para crimes de estupro coletivo.


31 de MAIO de 2016 - O Senado aprovou nesta terça-feira (31) um projeto de lei que prevê pena de pouco mais de 16 anos de prisão para os crimes de estupro praticados por mais de duas pessoas. A proposta, além de agravar a punição, tipifica o crime de estupro coletivo no Código Penal brasileiro.

Segundo o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), a proposta é uma resposta do Senado à sociedade após um possível caso de estupro coletivo registrado no Rio de Janeiro. O texto ainda precisará ser analisada pela Câmara dos Deputados.

No dia 21 de maio, uma jovem de 16 anos, do Rio de Janeiro, teria sido estuprada por mais de uma pessoa em uma comunidade da Zona Oeste do Rio de Janeiro. O caso chocou o país e gerou manifestações em vários estados.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro já tem certeza de que o estupro aconteceu. A dúvida agora é de quantas pessoas participaram do crime. Há suspeitas de que mais de 30 homens abusaram sexualmente da jovem.

Atualmente, o crime de estupro coletivo não é previsto no Código Penal. A proposta também prevê aumento de pena de um terço a dois terços para o crime de estupro, nos casos em que for cometido por mais de duas pessoas.

Originalmente o projeto, de autoria da senadora Vanessa Grazziotin (PC do B) previa apenas uma agravação da pena do crime de estupro comum para os casos em que mais de uma pessoa participasse do crime.

 A proposta estava em tramitação na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, mas ainda seria votada pelo colegiado nesta quarta-feira (1º). No entanto, após articulação do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), foi aprovado um requerimento de urgência para que o projeto fosse levado diretamente à votação em plenário.

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) foi designada relatora de plenário da proposta e apresentou emendas ao texto para que o crime de estupro coletivo fosse tipificado no Código Penal.

Além disso, a senadora apresentou uma emenda para criar um dispositivo no Código Penal para punir com 2 a 5 anos de prisão a pessoa que “oferecer, trocar, disponibilizar, transmitir, distribuir, publicar ou divulgar por qualquer meio, inclusive por meio de sistema de informática ou telemático, fotografia, vídeo ou outro registro que contenha cena de estupro”.


Gustavo Garcia
Do G1, em Brasília

109ª – Acusado de participar de arrastão a residencia no Abolição I morre em confronto com a policia Militar.

31 de MAIO de 2016 - Na madrugada de hoje, 31 de maio, cerca de 04 elementos praticaram um verdadeiro arrastão numa residência no Abolição I em Mossoró, no Rio Grande do Norte e fugiram levando os objetos e o carro da família, que permaneceu trancada dentro dos quartos da residência.

Segundo informações, os meliantes quebraram os cadeados do portão da frente e já dentro da residência eles comeram, beberam e só foram percebidos, por que um deles acendeu um cigarro.

A família acionou a Central de Operações, mas quando a guarnição chegou ao local, eles já haviam fugido. A polícia acredita que os bandidos estavam copiando a frequência de rádio do Ciosp.

Por volta de 04 horas da manhã a viatura da Força Tática localizou o carro roubado em deslocamento pela Rua João Cadeiro em direção a Barragem de Baixo. Houve o acompanhamento com o pedido de reforço policial.

Já percebendo a aproximação da policia, na Rua Marechal Deodoro, os elementos bateram o carro numa cerca e já desceram atirando em direção a viatura da polícia. Um deles, ainda sem identificação, foi baleado e mesmo sendo socorrido às pressas, morreu quando chegava no Tarcísio Maia. A policia apreendeu um revolver com as munições deflagradas.

Como os produtos do roubo, não foram encontrados dentro do carro, a polícia acredita que os elementos estavam indo abandonar o carro.



Fonte: O Câmera.

Comoção marca o enterro do cantor Renan Ribeiro em Conchal, SP

Corpo do cantor Renan Ribeiro é enterrado em Conchal 
(Foto: Fabio Rodrigues/ G1)


30 de MAIO de 2016 - O corpo do cantor Renan Ribeiro foi enterrado por volta das 17h40 desta segunda-feira (30), no Cemitério Municipal de Conchal (SP). A comoção marcou a cerimônia acompanhada por parentes, amigos e fãs. O ex-participante do The Voice Brasil, de 26 anos, morreu após um acidente em Mogi Mirim (SP) na noite de domingo (29), quando ia para um rodeio em Engenheiro Coelho e bateu em um caminhão na Rodovia João Tozella.

Durante o enterro, a música "Estrada da Vida" de Milionário e José Rico foi cantada pelos presentes, que encerraram o sepultamento com aplausos.

O corpo do sertanejo chegou ao local por volta das 14h40 e o velório começou 15h15. O enterro estava previsto para 17h e atrasou por conta da chuva e da quantidade de pessoas que queriam se despedir do cantor. Cerca de duas mil pessoas estiveram no local. A Prefeitura de Conchal decretou luto oficial nesta segunda-feira pela morte do cantor. Veja galeria de fotos do velório e do enterro.

Cantor Renan Ribeiro é velado em Conchal 
(Foto: Fabio Rodrigues/ G1)

Parentes, amigos e fãs aguardam enterro de Renan 
Ribeiro (Foto: G1/Luciano Calafiori)


'Choque muito grande'
O empresário e amigo de infância do cantor, Ênio Roberto Silvério, falou ao G1 sobre a perda de Renan. "Um choque muito grande não só para a gente que trabalhava com ele diariamente, mas para toda a família. Uma vida toda pela frente, estava trabalhando muito, estava curtindo essa fama que estava iniciando", lamentou.

Segundo o empresário, com o aumento do número de shows e distâncias de viagens, foi contratado o assessor André para acompanhá-lo. "A gente vinha tomando todos os cuidados possíveis para que ele não pudesse dirigir cansado. Ontem, por uma fatalidade, o assessor não pode acompanhar porque a filha dele estava com febre, e ele resolveu ir sozinho, até sem me avisar, porque eu não teria concordado em ele ir sozinho", disse. No dia 3 e 4 de junho, Renan se apresentaria com MC Guimê, em Conchal. "Acredito que os produtores devem pensar em alguma homenagem nesse dia", concluiu Silvério.

Corpo de Renan Ribeiro chega ao Cemitério 
Municipal de Conchal 
(Foto: G1/Luciano Calafiori)


Zigue-zague
Antes do acidente, o cantor dirigia em zigue-zague, segundo o motorista da carreta que atingiu o carro. Fotos feitas na delegacia mostram o interior do veículo do cantor, que ficou destruído. A perícia ainda vai confirmar a versão do motorista e o que pode ter causado o acidente.

Renan Ribeiro no palco do programa 
'The
Voice Brasil' 
(Foto: Globo/Divulgação)

O cantor lançaria nesta segunda (30) uma nova versão da música “Gatinha Manhosa”, sucesso de Erasmo Carlos na voz de Leo Jaime nos anos 80. A música era aposta do sertanejo para o ano. Ele participou da última etapa do programa “The Voice Brasil”, da TV Globo.

Motorista detalha acidente
Em entrevista ao G1, o motorista da carreta, que não quis se identificar, contou que o carro do cantor vinha na contramão, na Rodovia João Tozella (SP-147), e que piscou diversas vezes com o farol alto.

"Eu estava descendo a rodovia, aí ele veio na contramão, fazendo zigue-zague na pista, trocando de faixa. Aí de repente ele ficou de frente com a carreta. Quando eu vi que ele estava se aproximando muito rápido, tentei desviar, aí pegou na lateral", conta.

Renan Ribeiro também tentou desviar do acidente e saiu para o mesmo lado do acostamento que o motorista da carreta, o que causou a batida.

O motorista afirmou ainda que trabalha há 32 anos na área e que ainda não havia se envolvido em um acidente desse tipo. "Nunca aconteceu algo assim. A gente fica chateado, eu vi a mãe dele chegar. Apesar de a gente não ter culpa, choca muito, eu também sou pai", lamenta.

Carro do cantor Renan Ribeiro após o acidente em 
estrada (Foto: G1/Luciano Calafiori)

Carreta que colidiu de frente com o carro do cantor 
Renan Ribeiro (Foto: Reprodução/EPTV)


Despedida
O produtor e amigo do cantor, André Ricardo Nantes, disse que Renan, que era fã de Cristiano Araújo, "não queria acabar como o ídolo".

No Instagram oficial de Renan, a última postagem é um vídeo com um trecho do show realizado pelo cantor na sexta-feira (27), em Leme (SP). Na postagem, ele agradece ao público pelo carinho em seu último show: "Obrigado a toda galera que compareceu no #sinhôbarriga em Leme-SP vibe top demais!!"

Última postagem do cantor Renan Ribeiro é foto de um 
show em Leme (Foto: Reprodução/Instagram)


No Instagram do fã clube "Teu Sorriso Renan Ribeiro", foram postadas fotos em homenagem ao cantor. Nas mensagens, as fãs lamentam o acidente e dizem não acreditar na morte de Renan.

Logo cedo, artistas lamentaram a morte do cantor. Em uma de suas postagens na internet, César Menotti pediu conforto à família do jovem: "Meu Deus, nem dá pra acreditar. Que Deus conforte a família do Renan Ribeiro, esse irmão de estrada que infelizmente perdeu a vida em um acidente de carro. #renanribeiro"

Confira aqui fotos da participação do cantor no The Voice Brasil. Ele era da equipe de Michel Teló.

Carro do cantor Renan Ribeiro após o acidente em 
estrada (Foto: G1/Luciano Calafiori)

Do G1 São Carlos e Araraquara

VÍDEO MOSTRA DISCUSSÃO ENTRE MULHERES QUE ANTECEDEU TENTATIVA DE HOMICÍDIO POR ARMA BRANCA EM MOSSORÓ-RN

30 de MAIO de 2016 - O Blog Passando na Hora teve acesso a imagens que mostra uma discussão entre duas mulheres,que antecedeu uma tentativa de homicídio por arma branca na noite de ontem (29) em Mossoró no Rio Grande do Norte.A briga envolveu duas mulheres em um bar no Alto da Conceição.Minutos após,o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu/192) foi acionado para socorrer,Maria da Conceição Alencar, 52 anos de idade (a que está na moto),vítima de tentativa de homicídio por arma branca tipo faca.(Relembre AQUI!!!).Não sabemos se a briga tem alguma relação com a tentativa de homicídio.

Veja o vídeo AQUI!!!


Fonte: PASSANDO NA HORA.

DOIS CRIMES DE HOMICÍDIO MOVIMENTARAM O SETOR POLICIAL NA MADRUGADA DESTA SEGUNDA 30, EM MOSSORÓ.


30 de MAIO de 2016 - Dois jovens acusados de envolvimento com tráfico de drogas e assaltos e já com passagem pelos presídios da cidade, foram mortos na madrugada de hoje, 30 de maio, na cidade de Mossoró, região Oeste do Rio Grande do Norte. Patrick Jonhathan de Oliveira, de 37 anos de idade, foi morto com disparos de escopeta, dentro de casa na Vila de Netinho, na Rua Bela Vista no bairro Teimosos, por volta de 01 hora da madrugada. A polícia recebeu informações, que 04 elementos encapuzados, dizendo ser polícia e fortemente armados, arrombaram o portão de acesso a vila e foram até a casa onde Patrick estava dormindo com a família. Como ele demorou ou não quis abrir a porta da casa, os elementos arrombaram e atiraram de escopeta, pelo menos três vezes nele ainda dentro da casa, mas ele caiu morto no meio da porta. Patrick há havia cumprido pena na Penitenciaria Agrícola Mario Negocio acusado por assalto e segundo a polícia, existe denúncias de seu envolvimento com uso de entorpecentes. Júlio Cesar Ferreira Rosa, 24 anos de idade foi morto dentro de casa na Travessa Mota Neto, no Ouro Negro, também na madrugada e quase no mesmo horário. Segundo informações, por volta de 01 hora da madrugada, dois elementos num carro chegaram na rua e invadiram a casa da família quebrando o portão lateral que dar acesso a outra casa nos fundos. Eles quebraram a porta de trás da casa onde mora a avó da vítima e como não o encontraram, os elementos pegaram o adolescente e o forçaram a dizer onde ele estava. O adolescente teria levado os matadores até a casa onde Júlio Cesar estava dormindo com a esposa e uma criança, filha do casal. Eles atiraram no braço do Adolescente e mataram debaixo da cama do casal. O menor foi socorrido para o Hospital Regional Tarcísio Maia e aparentemente não corre riscos de morrer. Segundo informações da família, Júlio Cesar Ferreira Rosa, cumpriu pena de 04 anos na Penitenciaria Agrícola Mário Negócio, acusado de tráfico de drogas e há pouco mais de 01 ano estava em liberdade. O Bacharel Roberto Moura, delegado de plantão, juntamente com o Agente Wilson Filho, acompanharam o trabalho da equipe do Itep e conversaram com familiares. Segundo Roberto, as informações serão repassadas para a Delegacia de Homicídios de Mossoró, Dehom.Agora Mossoró contabiliza 108 mortes violentas em Mossoró em 2016.

Mais imagens AQUI!!!

O Câmera


Retirado do PASSANDO NA HORA.

28 de Maio - Dia Internacional de Ação pela Saúde das Mulheres.

28 de Maio, além de ser o Dia Internacional de Ação pela Saúde das Mulheres, integra a agenda do movimento de mulheres brasileiras como o Dia Nacional de Redução da Mortalidade Materna. Uma pauta que a Rede Feminista de Saúde considera de vital importância e que requer intensa mobilização de todos os setores no país na exigência de políticas públicas de saúde efetivas para as mulheres. A data vem sendo impulsionada na América Latina pela Rede de Saúde das Mulheres Latino-americanas e do Caribe – RSMLAC, em conjunto com a Rede Feminista de Saúde, visando promover reflexões sobre as demandas regionais e exigir que os direitos das mulheres no campo da sexualidade e reprodução sejam plenamente respeitados e assegurados.


A data é fruto da mobilização de mais de duas décadas do movimento pela saúde das mulheres e feministas que decidiu ter um dia de ação mundial para tornar visível um fenômeno - a mortalidade materna - considerado banal nas sociedades cuja cultura naturaliza a entrega da vida das mulheres em nome da maternidade.

Estatísticas revelam que o número de mortes de mães é alto e a situação é preocupante principalmente entre as mulheres negras e aquelas que residem nas regiões Norte e Nordeste. Os índices, no entanto, não fornecem a real dimensão desta tragédia que destroça inúmeras vidas, pois, ainda, é baixa a declaração de morte materna no atestado de óbito.

Compromissada com o tema a Rede Feminista de Saúde busca sensibilizar os diferentes atores do setor saúde: trabalhadoras e trabalhadores, ativistas, gestoras e gestores, militantes atuantes no Controle Social bem como profissionais de comunicação e parlamentares para demonstrar que a morte materna é um grave problema de saúde pública. Este fenômeno se relaciona não só com a qualidade técnica das políticas ofertadas em pré-natal, parto e puerpério, mas evidencia as desigualdades sociais, de gênero e raça.

A Rede Feminista de Saúde aponta que o cerceamento da cidadania proposto pela legislação restritiva ao livre exercício da sexualidade e reprodução induz à gestação forçada e indesejada, constituindo-se numa violação aos direitos humanos. Segundo o Ministério da Saúde, as complicações em decorrência do aborto são responsáveis por 11% a 13% dos óbitos maternos registrados anualmente no País. O aborto induzido é a quarta causa da mortalidade materna, superada pela hipertensão arterial, hemorragias e infecções pós-parto, mas em algumas capitais, como Salvador/BA, o problema é a principal causa da mortalidade materna.


O histórico
O Dia Internacional de Ação Pela Saúde da Mulher foi definido no IV Encontro Internacional Mulher e Saúde que ocorreu em 1984, na Holanda, durante o Tribunal Internacional de Denúncia e Violação dos Direitos Reprodutivos, ocasião em que a morte materna apareceu com toda a sua magnitude. A partir dessa data, o tema ganhou maior interesse e no V Encontro Internacional Mulher e Saúde, realizado em São José da Costa Rica, a RSMLAC propôs que a cada ano, no dia 28 de maio, uma temática nortearia ações políticas que visassem prevenir mortes maternas evitáveis.

Em 1988 teve início a Campanha de Prevenção da Mortalidade Materna coordenada pela Rede Mundial de Mulheres pelos Direitos Reprodutivos - RMMDR e pela Rede de Saúde das Mulheres Latino-americanas e do Caribe – RSMLAC. Ao longo dos anos diferentes ações têm sido realizadas para motivar diferentes setores da sociedade, dos governos e da mídia para formação de uma forte opinião pública para esta séria questão.

Polícia do Rio localiza casa em favela onde jovem sofreu estupro coletivo.


27 de MAIO de 2016 - A polícia do Rio de Janeiro localizou a casa onde a jovem de 16 anos foi estuprada por um grupo de homens. Nesta sexta-feira (27), ela prestou novo depoimento.

A adolescente voltou à delegacia nesta sexta (27) à tarde com o rosto protegido e acompanhada da mãe. Ela foi chamada para contar de novo como aconteceu o estupro coletivo.

O crime provocou indignação e revolta no Brasil e no mundo.

Teve protesto em Curitiba, na escadaria da Assembleia Legislativa do Rio e em São Paulo, com mensagens que formaram um grande mural na Avenida Paulista. O site do jornal espanhol El País falou em barbárie na primeira página.

A BBC destacou que o vídeo do estupro chocou o Brasil. E a americana Fox News disse que o vídeo do estupro foi o mais assistido nas redes sociais no Brasil.

No primeiro depoimento, na quinta (26) de madrugada, a adolescente, de 16 anos, contou que no último sábado (21) esteve na casa de um rapaz com quem tinha um relacionamento.

Eles estavam sozinhos. E que depois só se lembra que acordou no domingo (22) em uma casa na mesma comunidade com 33 homens armados com fuzis e pistolas. Ela estava dopada e nua.

O estupro foi numa favela na Zona Oeste do Rio. A família só descobriu na quarta-feira (25) quando soube que os criminosos filmaram a adolescente depois do estupro e publicaram um vídeo e fotos na internet.

A jovem passou por exames e recebeu medicamentos.

A presidente afastada, Dilma Rousseff, prestou solidariedade à adolescente numa rede social: “Mais uma vez reafirmo meu repúdio à violência contra as mulheres. Precisamos combater, denunciar e punir este crime”.

O presidente em exercício, Michel Temer, também se manifestou numa rede social. Ele escreveu nesta sexta (27), que “é um absurdo que em pleno século 21 tenhamos que conviver com crimes bárbaros como esse. Vamos criar um departamento na Polícia Federal que vai agrupar informações estaduais e coordenar ações em todo país”, disse.

Os números sobre estupros impressionam. Só no Rio, entre janeiro e abril deste ano, foram registrados 1.453 casos, segundo a secretaria de Segurança Pública. São 12 mulheres estupradas a cada dia.

Em uma entrevista coletiva no início da tarde desta sexta (27), os delegados e o chefe de Polícia disseram que ainda não tinham informações pra dizer nem como foi nem quantos homens participaram do crime.

“Uma investigação começa com uma série de opções. Normalmente são muitas. Na medida em que a investigação vai evoluindo, essas opções vão diminuindo. Nós não chegamos ainda a conclusões, por exemplo, pra poder dizer que houve, como tem sido dito, um estupro coletivo por 33 ou 36, ou 30 pessoas”, diz o chefe de Polícia Civil-RJ, Fernando Veloso.

Além da afirmação da adolescente de que eram 33 homens no local, no vídeo que foi divulgado na internet, um dos agressores fala em mais de 30 homens.

Os delegados também disseram que não pediram a prisão dos quatro suspeitos já identificados. Nesta quinta (26), uma fonte da polícia confirmou ao Jornal Nacional que o pedido havia sido feito.

Marcelo Miranda da Cruz Correa, de 18 anos, e Michel Brazil da Silva, de 20, são suspeitos de divulgar as imagens na internet.

Raphael Assis Duarte Belo, de 41 anos, segundo a polícia, é o homem que aparece ao lado da vítima em uma foto. Raphael trabalhou como apoio a operador de câmera nos estúdios Globo, de onde foi desligado em agosto do ano passado. A polícia não tem a profissão atual dele.

O quarto identificado é Lucas Perdomo Duarte Santos, de 20 anos. É o rapaz com quem a adolescente tinha um relacionamento.

O advogado de Lucas disse que o cliente não estava com a adolescente na noite do estupro.

“Ele alega inocência. Diz que teve contato com a suposta vítima 48 horas antes, dois dias antes do ocorrido, e que depois não a viu mais”, afirmou o advogado, Eduardo Antunes.

O ministro da Justiça veio ao Rio nesta sexta (27) conversar com o secretário de Segurança. Alexandre de Moraes garantiu que esse crime não ficará sem punição.

“É um atentado civilizatório. Um atentado à civilização, pela bestialidade, pela agressividade do crime praticado”, afirmou o ministro.

A ministra Carmen Lucia, do Supremo Tribunal Federal divulgou uma carta. Ela diz “não pergunto o nome da vítima: é cada uma e todas nós mulheres e até mesmo os homens civilizados, que se põe contra a barbárie deste crime, escancarado feito cancro de perversidade e horror a todo mundo”. E termina dizendo “nosso corpo como flagelo, nossa alma como lixo. É o que pensam e praticam os criminosos que haverão de ser devida e rapidamente responsabilizados”.

No fim da tarde, a polícia localizou a casa onde foi o estupro. O local vai passar por perícia. De manhã, a adolescente falou com alguns repórteres. O jornal O Globo publicou parte da entrevista na internet.

"Aí quando acordei, a luz ‘tava’ acesa e um monte de gente assim em cima de mim. Eu me sinto um lixo hoje. Eu não queria que outra pessoa se sentisse assim", disse a adolescente.

Fonte: G1

PARABÉNS A TODA FAMÍLIA FM ,PELA DEDICAÇÃO ATENÇÃO E SUCESSO 4 ANOS NO "AR"


MEUS PARABÉNS HOJE PARA TODOS PRODUÇÃO QUE FAZ A VENHA-VER FM QUE HOJE COMPLETA 4 ANOS DE AUDIÊNCIA,SUCESSO,INFORMAÇÃO,INTERAÇÃO, BONITO TRABALHO,PARABÉNS POR DEIXAR OS RÁDIO-OUVINTES E INTERNAUTA BEM INFORMADOS .
PARABÉNS A ESSA GRANDE FAMÍLIA VENHA -VER FM.


A FM FAZ ANIVERSARIO MAIS QUEM GANHA PRÊMIOS SÃO OS OUVINTES ,DURANTE TODO DIA A PRODUÇÃO DA VENHA VER FM ESTARÁ COM A PROGRAMAÇÃO ESPECIAL 4 DE SUCESSO , DURANTE A NOITE A PARTIR DA 19:00 HS ACONTECERÁ O SARAU MUSICAL COMEMORANDO SEUS 4 ANOS DE SUCESSO.



PARABÉNS LINDOMAR BESSA,LÁZARO OLIVEIRA,ANTONIO ARAÚJO,JHOCINHO BARBORA,JUNIOR .SUCESSO SEMPRE




Fonte: Blog Venha Ver Notícias.

Casal e quatro filhos morrem em batida com ônibus na Bahia, diz PRF

Acidente deixou quatro pessoas da mesma família 
mortas, segundo polícia 
(Foto: Renata Borges/ TV Santa Cruz)

26 de MAIO de 2016 - Um casal e quatro filhos morreram em acidente na BR-367, no trecho de Porto Seguro, região sul da Bahia, na noite de quarta-feira (25). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro em que eles estavam colidiu com um ônibus, que transportava alunos de uma faculdade de Eunápolis, a cerca de 60 km de Porto Seguro. O motorista do ônibus fraturou a perna e foi socorrido para o Hospital Luís Eduardo Magalhães.

Casal e quatro filhos morreram em acidente 
no sul
da Bahia 
(Foto: Reprodução/TV Santa Cruz)

Segundo a polícia, José Souza Veloso, de 45 anos, motorista do carro, a mulher dele, Eliane Alves de Souza, de 30, e os filhos de 5, 6, 8 e 10 anos não resistiram aos ferimentos e morreram no local.

O condutor do ônibus foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) para o hospital. Os demais ocupantes do coletivo não tiveram ferimentos, conforme a polícia.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT) esteve no local para fazer perícia. Segundo a polícia, o motorista do carro perdeu o controle da direção e bateu de frente com o ônibus. Chovia no momento do acidente.

Os corpos das vítimas foram levados para o município de Porto Seguro, onde o sepultamento será realizado.

Família estava em carro que bateu de frente com ônibus 
(Foto: Renata Chabor/ TV Santa Cruz)

Motorista de ônibus teve fratura na perna em acidente 
(Foto: Renata Borges/ TV Santa Cruz)

Carro ficou destruído após bater de frente com ônibus 
(Foto: Renata Borges/ TV Santa Cruz)


Do G1 BA

A comovente história do menino sem perna que emprestou muleta para amigo ver futebol.

Imagem se converteu em símbolo da amizade entre 
os dois meninos 
(Foto: Sabrina Bonomo)

26 de MAIO de 2016 - Dentro do estádio, Diego Milito, ídolo da Argentina e do clube de futebol Racing, dava sua última volta olímpica em uma despedida emocional dos gramados.

Nas laterais do campo, em Avellaneda, a amizade entre dois meninos de dez anos, capturada em uma poderosa fotografia, marcava pontos.

Montado sobre uma muleta, Santiago Fretes, nascido sem uma perna por conta de má formação congênita, assistia ao seu jogador preferido.

Poucos minutos antes, ele percebera os esforços vãos do seu amigo Yamil para conseguir assistir àquele momento por cima da mureta. Ofereceu-lhe como ajuda sua outra muleta para servir de apoio.

E os dois assistiram ao momento histórico da sua equipe favorita, sem saber que o gesto acabaria por ficar imortalizado em uma comovente fotografia.

Gentileza levou a que Santiago conhecesse 
Diego Milito pessoalmente 
(Foto: Sabrina Bonomo)


"Eu estava assistindo à última volta olímpica de Milito e percebi Yamil saltitando. Por isso, lhe emprestei minha muleta, para que pudesse ver também", disse Santiago à BBC.

"Ajudei porque ele é meu amigo, e para que pudesse ver a última partida de Milito."

Sem diferença
O menino não entende bem a razão de algo tão corriqueiro ter sido celebrado como uma espécie de símbolo da amizade em seu próprio país.

E mesmo a mãe dele, Sabrina Bonomo, que fez a foto, admite que não imaginava um dia ver a imagem dando a volta ao mundo.

"Em casa, quando alguém precisa subir numa árvore, ele sobe primeiro e depois ensina os outros a subir usando sua muleta", conta Sabrina.

Ela conta que o menino não só sobe em árvores como pratica futebol, taekwondo e anda de bicicleta. "No ano passado foi convidado a esquiar e aprendeu em dois dias", diz. "Em pouco tempo estava descendo uma montanha de não sei quantos metros."

Santiago já teve duas pernas ortopédicas, mas seu crescimento requer reimplantes e novas próteses, o que implica um fardo financeiro para a família de pai mecânico e mãe dona-de-casa.

Mas isso não tira o entusiasmo de Santiago para as atividades. "Não tenho que ser diferente, brinco como eles (as crianças sem deficiência)."

Sonho de futebol
Apesar da pouca idade, o menino foi convidado a assistir às partidas da seleção nacional de futebol de amputados.

Santiago, que atualmente cursa a quinta série, sonha um dia também ser jogador de futebol.

Seu gesto de amizade lhe permitiu realizar o sonho de tirar uma foto com Diego Milito, o ex-atacante do Milan que voltou à Argentina para terminar sua carreira no Racing.

"Um golaço", diz o pequeno, com orgulho.

Cristina Pérez
Da BBC

Fonte: G1

Polícia identifica um dos suspeitos de participar de estupro coletivo no Rio.

Jovem postou foto da vítima e ironizou o 
suposto estupro (Foto: Reprodução)
26 de MAIO de 2016 - Um suspeito de participar do estupro coletivo de uma jovem de 16 anos em uma comunidade da Zona Oeste do Rio já foi identificado e terá a prisão pedida, segundo a Polícia Civil, informou o RJTV desta quinta-feira (26). Outros dois suspeitos de terem divulgado as imagens da jovem desacordada após o abuso também já foram identificados.

A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática do Rio investiga o caso e disse que a vítima já foi ouvida e que as investigações estão em andamento. O Delegado Alessandro Thies, responsável pelas investigações, pede ao cidadão que tenha qualquer informação que possa auxiliar na identificação dos autores que entre em contato através do endereço de e-mail: alessandrothiers@pcivil.rj.gov.br.

De acordo com a avó da menina, ela costuma ir para comunidades desde os 13 anos e, às vezes, passa alguns dias sem dar notícias. Ainda segundo a avó, a garota é usuária de drogas há cerca de quatro anos. No entanto, segundo ela, nunca recebeu notícias de que a neta tenha sido vítima de outros abusos. A jovem é mãe de um menino de 3 anos.A jovem foi levada a um hospital na manhã desta quinta-feira (26) para fazer exames. Segundo a avó da adolescente, ela teria sofrido um apagão durante os abusos. “O vídeo é chocante, eu assisti. Ela está completamente desligada", diz a avó. "Ela tem umas coleguinhas lá, mas nessa hora nenhuma apareceu”, disse a avó da adolescente em entrevista à rádio CBN, após saber que a neta pode ter sido violentada por cerca de 30 homens. De acordo com a avó, a garota foi localizada por um agente comunitário e levada para casa.

Junto com as imagens postadas, vários comentários agressivos indicam o estupro e ainda brincam com a situação. Alguns autores das postagens deletaram os perfis na internet.

Também na internet, diversas pessoas ficaram indignadas com a divulgação do material de estupro nas redes sociais. Muitas pessoas se mobilizaram para denunciar os suspeitos.

MP apura
Uma pessoa foi ao Ministério Público do RJ e fez uma denúncia anônima à ouvidoria. Ela levou o vídeo e fez prints das redes sociais que relatam o ocorrido. Além disso, até o momento, cerca de 800 comunicações chegaram à ouvidoria.

O material foi encaminhado à 23ª Promotoria de Investigação Penal do MPRJ, porque esta promotoria que trabalha junto à Delegacia Anti-Sequestro (DAS). O MPRJ informou que está investigando o caso da jovem que aparece desacordada em um vídeo após supostamente ter sido estuprada.

O Ministério Público pediu ainda que a partir de agora só sejam encaminhadas à ouvidoria denúncias que acrescentem novas informações à investigação, tais como identificação de envolvidos, endereços ou novas provas do fato.

O MP também aproveitou para alertar sobre as consequências de se compartilhar vídeos ou fotos íntimas de pessoas. A conduta é ainda mais grave em se tratando de um evento criminoso. A divulgação dessas imagens configura crime previsto no Código Penal Brasileiro.

Do G1 Rio

CORPO DE CRISTO.



26 de MAIO de 2016 - Corpus Christi significa Corpo de Cristo. É uma festa religiosa da Igreja Católica que tem por objetivo celebrar o mistério da eucaristia, o sacramento do corpo e do sangue de Jesus Cristo.

A festa de Corpus Christi acontece sempre 60 dias depois do Domingo de Páscoa ou na quinta-feira seguinte ao domingo da Santíssima Trindade, em alusão à quinta-feira santa quando Jesus instituiu o sacramento da eucaristia.

Leia mais sobre o significado deeucaristia e Páscoa.

O Corpus Christi não é feriado nacional, tendo sido classificado pelo governo federal como ponto facultativo. Isso significa que a entidade patronal é que define se os funcionários trabalham ou não nesse dia, não sendo obrigados a dar-lhes o dia de folga.

Durante esta festa são celebradas missas festivas e as ruas são enfeitadas para a passagem da procissão onde é conduzido geralmente pelo Bispo, ou pelo pároco da Igreja, o Santíssimo Sacramento que é acompanhada por multidões de fiéis em cada cidade brasileira.

A tradição de enfeitar as ruas começou pela cidade de Ouro Preto em Minas Gerais. A procissão pelas vias públicas, é uma recomendação do Código de Direito Canônico que determina ao Bispo Diocesano que tome as providências para que ocorra toda a celebração, para testemunhar a adoração e veneração para com a Santíssima Eucaristia.
Origem do Corpus Christi

A festa do Corpus Christi foi instituída pelo Papa Urbano IV no dia 8 de Setembro de 1264.

A procissão de Corpus Christi lembra a caminhada do povo de Deus, peregrino, em busca da Terra Prometida. O Antigo Testamento diz que o povo peregrino foi alimentado com maná, no deserto. Com a instituição da eucaristia o povo é alimentado com o próprio corpo de Cristo.

Brasil fecha 62,84 mil vagas de trabalho formais em abril.

Suzete Mota se entregou à PF na manhã 
desta
quarta 
(25) (Foto: Emily Costa/ G1 RR)
25 de MAIO de 2016 - A médica Suzete Oliveira, mulher do senador de Roraima Telmário Mota (PDT), foi levada no fim da manhã desta quarta-feira (25) para a Cadeia Pública Feminina, na zona Rural de Boa Vista. Ela se entregou na sede da Polícia Federal por volta das 10h desta quarta acompanhada do marido.

Conforme a Polícia Federal, Suzete foi levada à Cadeia Pública "para cumprimento de pena, à disposição da Justiça Federal em Roraima". Suzete já foi condenada em segunda instância a seis anos e oito meses de prisão por envolvimento no esquema de desvio de verbas públicas conhecido como 'escândalo dos gafanhotos'.

Ainda segundo a Polícia Federal, Suzete era considerada foragida há cinco dias. "Ela estava sendo procurada pela Polícia Federal em seus endereços e locais de trabalho, inclusive em fazenda na região do Murupu", detalhou a PF em nota.

A médica teve a prisão decretada na sexta-feira (20), após ter um após ter um pedido de habeas corpus negado no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília.

Segundo o Ministério Público Federal em Roraima (MPF/RR), o pedido de prisão se baseou na mudança de entendimento do TRF1 que passou a entender que cabe ao juiz federal de primeira instância a competência para determinar a execução provisória da pena daquelas pessoas que já possuem condenação em segunda instância, que era o caso de Suzete.

'Prisão política', diz Telmário Mota

Em entrevista ao G1 na sede da PF em Boa Vista, o senador Telmário Mota reafirmou que não se envolve em assuntos relacionados ao trabalho da mulher, mas garantiu que a defesa já recorreu do mandado de prisão.

"Para não criar nenhum constrangimento e também por respeito à Polícia Federal, os advogados entenderam que seria muito melhor ela [Suzete] se apresentar e esperar a resposta dos habeas corpus que foram impetrados", declarou Mota, acrescentando que a prisão da mulher "não foi jurídica, mas política".

Suzete foi condenada a seis anos e oito meses de prisão por envolvimento no esquema de desvio de verbas públicas conhecido como 'escândalo dos gafanhotos'.

Segundo a PF, a médica Suzete Oliveira
era
considerada foragida há cinco
dias
(Foto: Reprodução/Instagram/@suzetemota)


obre a mulher ter ficado cinco dias foragida, o senador afirmou que ela só se apresentou nesta quarta porque os advogados consideraram arbitrária o pedido de prisão.

"Quiseram criar um constrangimento. Mas agora, ela está tranquila e vai esclarecer tudo o que houve". O senador afirmou que não soube onde ela ficou durante os cinco dias em que esteve foragida. "Eu estava em Brasília", declarou.

A mulher do senador teve a prisão decretada pela 2ª Vara da Justiça Federal em Roraima a pedido do Ministério Público Federal (MPF), após ela ter um pedido de habeas corpus negado no Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília.

Junto com o mandado de Suzete foram expedidos mais seis determinações. Os acusados foram presos no último dia 20.

O ex-governador Neudo Campos (PP) e marido da govenadora do estado Suely Campos, apontado pela Polícia Federal como o líder do esquema de desvio de verbas, também teve a prisão decretada. Ele se entregou à Polícia Federal na terça, após ficar cinco dias foragido.


'Escândalo dos Gafanhotos'

Segundo as investigações da operação Praga no Egito, no ano de 2002 foram desviados R$ 70 milhões oriundos de repasses de convênios da União ao estado de Roraima. O esquema gerou dano ao erário e enriquecimento ilícito de terceiros.


A corrupção acontecia da seguinte forma: pessoas comuns eram aliciadas como 'gafanhotos', para que seus nomes fossem inseridos na folha de pagamento do DER ou do estado em troca de uma ajuda financeira irrisória. Em seguida, procuradores dos 'gafanhotos' sacavam os salários junto à empresa e entregavam o dinheiro a deputados ou conselheiros de contas beneficiados e designados pelo ex-governador.


Do G1 RR

Após 24 anos, médicos retiram tumor de tamanho de melão de pescoço de paciente.

Ian Crow disse que tumor nunca o incomodou, mas no 
fim "se encheu" dele 
(Foto: Northern Lincolnshire/ Goole NHS Trust)


25 de MAIO de 2016 - Médicos na Inglaterra retiraram um tumor do tamanho de um melão do pescoço de um paciente.

Ian Crow, de Ashby, no norte do país, disse que viveu 24 anos com o inchaço nas glândulas salivares até "se encher".

Para o aposentado, de 66 anos, o tumor benigno - que vinha "crescendo aos poucos" desde 1992 até atingir 1,2 kg - tinha se tornado parte dele.

"Nunca doeu. Eu conseguia dormir normalmente. As únicas vezes que me incomodou foi durante o verão", disse.

"No fim, me enchi e decidi removê-lo. Quando cheguei na idade da aposentadoria, achei que era hora."

Ian Crow disse que tumor nunca o incomodou, mas no 
fim "se encheu" dele 
(Foto: Northern Lincolnshire/ Goole NHS Trust)


Crow se recusava a se consultar com os médicos até o ano passado. À época em que o inchaço apareceu, tinha acabado de começar em um emprego novo na indústria de frango e não queria faltar ao trabalho.

A operação de retirada durou duas horas e correu sem sobressaltos - embora o tamanho do tumor tenha colocado um "desafio" para os médicos, disse o cirurgião Ganapathy Dhanasekar.

"O tumor é o que chamamos um adenoma pleomórfico, que é um tumor benigno na glândula parótida", explicou.

A esposa de Ian, Lillian, disse que estava "feliz" com o fim do tumor.

"Começou a me irritar, principalmente depois que cresceu. Era impossível abraçar (o marido) porque (o tumor) era enorme", disse a mulher.

"Na rua as pessoas paravam para ficar olhando e isso me incomodava muito."

Da BBC

Fonte: G1

Após assalto a lotérica em Felipe Guerra, suspeito morre em confronto com a Policia Militar.


25 de MAIO de 2016 - Assalto aconteceu na manhã de hoje, 25 de maio a Agencia dos Correios da cidade Oestana de Felipe Guerra. Na fuga, os bandidos trocaram tiros com a polícia na localidade do Sitio Bo'agua, no municipio de Caraubas e um deles foi morto no confronto. A polícia acredita, que outros três conseguira fugir.



De acordo com a Polícia, quatro homens participaram do roubo. Rogerio Vieira, suspeito de fazer parte da quadrilha foi morto durante um confronto com a Polícia Militar. Segundo informações, ele estava foragido da Cadeia Pública da cidade de Caraúbas.

Eles fugiram em um Fiat Palio vermelho em direção a Caraúbas. Lá, houve perseguição policial e troca de tiros. Os outros três assaltantes fugiram por uma região de mata fechada.

A polícia faz buscas na região.

As imagens foram disponibilizadas nas redes sociais.


Retirado do O Câmera.

Reunião com representantes do CMCDA e Comissão Pró-Selo UNICEF


24 de MAIO de 2016 - Na manhã desta segunda-feira, 23 de Maio, no Museu Municipal, a Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Teresinha Pires, acompanhada do Articulador local do Selo UNICEF, Júnior Carvalho, se reuniu com demais integrantes do CMDCA, da Pastoral da Criança, com representantes do Conselho Tutelar, da Secretaria de Assistência Social e das Escolas – Diretores e Professores, para falar sobre a realização do 2º Fórum Comunitário do Selo UNICEF Município Aprovado que acontecerá no dia 17 de junho.

Na oportunidade, os membros do CMDCA referendaram os nomes dos representantes de instituições e órgãos que serão convidados para o evento, uma vez que essa decisão cabe aos membros do conselho.

Assessoria de Comunicação Social

Fonte: Martins do POVO.

Secretaria de Saúde discute reforma de hospitais regionais.

Hospital de Pau dos Ferros está na lista das possíveis reformas


24 de MAIO de 2016 - Na manhã desta terça-feira (24) uma equipe da Coordenação de Operações de Hospitais e Unidades de Referência (Cohur) da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) esteve reunida com representantes do RN Sustentável para discutir sobre os projetos de reforma e ampliação de sete hospitais da rede estadual.

A reunião contou com a presença do consultor do projeto IDF/RN Sustentável, Zeev Katz, engenheiro clínico designado pelo Banco Mundial para acompanhamento dos projetos.

Sete hospitais regionais serão beneficiados com obras de reforma e ampliação nos municípios de: Santo Antônio, São José de Mipibu, João Câmara, São Paulo do Potengi, Caicó, Assu e Pau dos Ferros. Estas unidades receberão adequações nas portas de urgência e emergência para utilização do modelo de classificação de risco (Protocolo de Manchester), além de aquisição de equipamentos.

“Em diversas reuniões com estes hospitais, foram definidos os equipamentos hospitalares necessários de acordo com a demanda e perfil das unidades. Estamos realizando encontros frequentes para monitoramento dos projetos e, provavelmente, já neste segundo semestre os processos licitatórios de obras e equipamentos terão início. Nosso objetivo é que eles corram em paralelo”, explicou Ana Petta, gerente do projeto RN Sustentável na Sesap.

Além disso, também serão construídos com recursos do Banco Mundial/RN Sutentável, o Hospital Materno-Infantil, em Mossoró, um Banco de Leite em Pau dos Ferros e um Laboratório de Anatomia Patológica. A expectativa é que estas construções iniciem em 2017, sendo concluídas em 2018, prazo de encerramento do RN Sustentável.

Os projetos de reforma e ampliação serão iniciados por blocos. O primeiro lote contemplará os hospitais de Santo Antônio, São José de Mipibu, São Paulo do Potengi e Caicó. O segundo lote será dedicado ao Hospital Materno-Infantil de Mossoró, e o terceiro destinado aos hospitais de João Câmara, Assu, Pau dos Ferros, além do Banco de Leite e Laboratório de Anatomia Patológica.

Márcio Costa

Fonte: Jornal O Mossoroense.

Procuradoria pede ao STF inclusão de Henrique Alves no inquérito mãe da Operação Lava Jato.


STF deve apurar a base de apoio político às 
indicações de diretores da Petrobras

24 de MAIO de 2016 - De acordo com informação publicada na coluna de Lauro jardim, no jornal O Globo, desta terça-feira, 24 de maio, a Procuradoria-Geral da República (PGR) pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki que o ministro do turismo, o potiguar Henrique Alves (PMDB-RN), seja incluído no inquérito principal da Operação Lava Jato no Supremo.

O pedido foi para que o STF apure “a base de apoio político às indicações dos diretores que operacionalizaram as fraudes na estatal”, afirma o texto.

Ana Paula Cardoso

Fonte: O Jornal O Mossoroense.

MÉDICO DO SAMU ATIRA EM OUTRO E DEPOIS SE MATA EM SÃO PAULO.

Deives Dias de Oliveira foi morto com quatro tiros no 
Samu de Piracicaba 
(Foto: Thomaz Fernandes)


Crime aconteceu na manhã desta terça-feira (24); motivo não foi divulgado. Deives Dias de Oliveira foi baleado quatro vezes por Jorel Bottene.


24 de MAIO de 2016 - Um médico atirou em outro e depois se matou dentro da central do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Piracicaba (SP) na manhã desta terça-feira (24). O crime aconteceu por volta das 11h no refeitório da unidade, que fica na Avenida Doutor Paulo de Moraes, na região do bairro Paulista. O médico baleado morreu no local. O atirador foi socorrido, mas chegou sem vida ao hospital.
Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Jorel Bottene tinha 52 anos, era clínico geral e não estava na escala de trabalho desta terça. Ele chegou à unidade do Samu e atirou quatro vezes contra Deives Dias de Oliveira, de 40 anos, que era coordenador da Central de Vagas do Sistema Único de Saúde (SUS) de Piracicaba.


Os tiros atingiram Oliveira em uma das pernas, no tórax, no abdômen e na cabeça, conforme a secretaria. Em seguida, ainda segundo a pasta, Bottene atirou contra o próprio peito. Ele foi levado pelos colegas de Samu até a Santa Casa da cidade, mas morreu a caminho do hospital.
As polícias Militar e Civil foram ao local. Ainda não foram divulgados mais detalhes sobre o motivo do crime, apenas que Bottene era subordinado à vítima no serviço.
O secretário de Saúde de Piracicaba, Pedro Antonio de Mello, lamentou o ocorrido. Segundo ele, desavenças pessoais podem ter motivado o crime. "Eram profissionais de alta qualidade e, inicialmente, não havia registros de conflitos entre eles no trabalho. É muito triste, nada que tenha acontecido justifica essa tragédia", disse.Em 2013, como diretortécnico do Samu, Oliveira chegou a assumir interinamente a Secretaria de Saúde do município. Ele substituiu na época Luiz Roberto Pianelli, que havia sofrido um acidente vascular cerebral isquêmico (AVCI). Oliveira acumulou as duas funções na ocasião.

Motivações do crime na unidade do Samu em Piracicaba 
são desconhecidas 
(Foto: Claudia Assencio)

Médico do Samu atirou em outro e depois se matou na 
unidade de Piracicaba 
(Foto: Claudia Assencio/)


Retirado do PASSANDO NA HORA.

Publicidade