Mostrando postagens com marcador Notícias. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Notícias. Mostrar todas as postagens

Doador de medula óssea viaja 19 horas do CE ao RN para conhecer criança que recebeu transplante.


Clara Braz, quando recebeu o transplante (Foto: Hatmo/Divulgação)

11 de ABRIL 2018 -  Um encontro entre um doador de medula óssea e uma garota de 10 anos que recebeu o transplante para curar uma leucemia. É desta forma, no sábado (14), que a será celebrada a páscoa da associação Hatmo (Humanização e Apoio ao Transplantado de Medula Óssea do Rio Grande do Norte). O evento está programado para acontecer às 8h em frente ao Hemocentro, em Natal.

O doador é Eduardo de Sá Costa, de 29 anos. Ele viajará 19 horas de Várzea Alegre, no Ceará, para conhecer a pequena Clara Braz, que há 2 anos recebeu o transplante. A menina foi diagnosticada com a doença quando tinha 4 anos. Até receber a medula, foram 2 anos e meio fazendo tratamento de quimioterapia. Após esse período, ela teve recaídas e foi indicada para o transplante.

“Não encontramos doador compatível na família. Depois que ela entrou no cadastro Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea) passou 1 ano esperando. Nesse ano, quase perdi minha filha, pois ela teve duas recaídas, mesmo fazendo quimioterapia”, relembra a mãe de Clara, Irani Braz.

Irani conta que o transplante teve que ser feito em Jaú, em São Paulo. É que, na época, os transplantes em crianças estavam paralisados no Rio Grande do Norte. “Encontramos dois doadores no Redome, mas em Natal os transplantes não estavam sendo realizados, então viajamos para São Paulo. Ficamos mais de 8 meses lá. Nesse período, ela chegou a ir para UTI e a ficar sem andar. Mas, hoje, minha filha está aqui para contar a história. Graças a Deus esse anjo maravilhoso apareceu”, conta, emocionada, a mãe da menina.


Clara Braz, dois anos após o transplante (Foto: Hatmo/Divulgação)

Hoje, Clara tem uma vida normal. Ela voltou a estudar depois de passar anos entrando e saindo da escola e de hospitais. Contudo, a cada três meses ela ainda precisa voltar a Jaú para consultas e exames. “Ela sentia muita falta da escola”, afirma Irani.

Surpresa autorizada

O encontro com o doador foi organizado pela Hatmo. Será uma surpresa para a menina. Quando é feito um transplante, os dados do doador de medula óssea ficam em sigilo até ser autorizada a divulgação pelo Redome. “Estou muito ansiosa. Fiquei muito nervosa quando soube, mas de felicidade. Sempre que conto a história, me emociono muito. É muito difícil relembrar tudo que passamos. É muito maravilhoso saber que vamos encontrar com o doador, porque ele deu a vida da minha filha de volta, com a ajuda de Jesus. Ele me fala que Clarinha que mudou a vida dele, mas eu não sei nem explicar o quanto ele foi maravilhoso para mim e poder abraçar ele é muito importante”, afirma Irani.

O transplante

Para realizar o transplante, Eduardo Costa também precisou viajar para Jaú. “Eles entraram em contato comigo uns dez meses antes. Pediram para que eu fizesse alguns exames, pois teriam encontrado uma pessoa compatível. Depois, recebi um telegrama pedindo para entrar em contato com o Redome e eles me perguntaram se eu teria interesse em fazer a doação. Falei que sim, me explicaram que eu não teria contato com a pessoa e nem com familiares dela e, se mesmo assim, eu desejaria fazer a doação. Logo após, entraram em contato para que eu viajasse para Jaú”, relata Eduardo, acrescentando que precisou ir até São Paulo por duas vezes: uma para os exames e outra para o transplante.

Ele lembra que quando recebeu o chamado pensou em não ir. “Mas, estaria indo contra o que aprendi com meus pais. Pois, mesmo eles não tendo condições financeiras, nunca os vi negarem ajuda a quem quer que fosse. Confesso que no dia em que viajei a primeira vez, comentei com o rapaz que me acompanhou: será que se fosse o contrário, essa pessoa faria isso que estou fazendo? Mas não me incomodei muito. Lembrei de uma frase que diz: faça o bem sem saber a quem. Então me apeguei a isso”, disse Eduardo Costa.

Eduardo afirma que o transplante mudou sua maneira de ver a vida. “A gente só sabe o valor da vida quando passamos por certas situações. Eu me senti vivo e mais humano em poder salvar uma vida”, destaca.

Final nem sempre feliz

Clara é uma das pacientes indicadas para o transplante de medula óssea que tiveram um final feliz, mas infelizmente nem todos têm a mesma sorte. Alguns até encontram doadores, mas não conseguem fazer o transplante a tempo. “Os transplantes em crianças ficaram dois anos parados aqui no RN, e por causa disso perdemos muitas vidas. No ano passado, perdemos 20 crianças na Hatmo e mais 4 adultos”, lamenta a presidente da associação, Rosali Cortez.

Conscientização

Durante a páscoa que será celebrada neste sábado, voluntários, parentes e outros pacientes farão uma homenagem a essas crianças e adultos que perderam a vida enquanto aguardavam pelo transplante. Também será feita uma campanha de conscientização para o cadastro no Redome.

“O ato é para mostrar quantos pacientes estão morrendo por falta de celeridade no tratamento. Faltam doadores, medicamentos, atendimentos. A manifestação será o grito das famílias que perderam seus filhos”, destaca Rosali.

Redome

O cadastrado no Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea) pode ser feito no próprio Hemocentro. Para isso, basta fornecer dados de identificação (nome, endereço, identidade e CPF), e permitir a coleta de uma pequena amostra de sangue.

O Hemocentro fica na Av. Alexandrino de Alencar, nº 1800, no bairro Tirol.

Podem se cadastrar pessoas de 18 a 55 anos que tenham boa saúde e não tenham histórico de Câncer, Hepatite B ou C e HIV. A doação só acontece no caso de algum paciente ser compatível.

Doações

Também como parte das comemorações da páscoa, às 10h a Hatmo fará a entrega de doações de cestas básicas, suplemento alimentar, leite em pó, e ainda chocolates para pacientes e familiares.

Quem quiser fazer doação de alguns desses itens, basta entrar em contato com a Hatmo pelos telefones: (84) 98805-8496 ou (84) 99418-3361.

CEARÁ JAÚ NATAL RIO GRANDE DO NORTE SÃO PAULO VÁRZEA ALEGRE

Por G1 RN

13 de junho é o primeiro voo da Azul Linhas Aéreas em Mossoró


10 de ABRIL 2018 - O primeiro voo da Azul Linhas Aéreas em Mossoró já está definido. Segundo o secretário de Turismo do RN (Setur), Ruy Gaspar, o primeiro voo acontecerá no dia 13 de junho. A expectativa do secretário é que os voos comecem ainda no inicio do mês, junto com o Mossoró Cidade Junina.

De acordo com o diretor operacional do aeroporto, José Diomar Freire, inicialmente serão três voos semanais em Mossoró – segunda, quarta e sexta – sempre chegando no fim da tarde. Diomar destacou ainda que a partir de novembro, serão cinco voos semanais, com chegada em Mossoró sempre às 19h, e decolando no dia seguinte sempre às 9h.

Diomar disse ainda, que os técnicos da azul que visitaram Mossoró na última semana, devem emitir um relatório nos próximos dias aprovando a estrutura. Após o relatório, a equipe da Azul montará o guichê no Aeroporto Dix-Sept Rosado.

Fonte: Jornal Potiguar.

Cármen Lúcia assumirá a Presidência da República na sexta-feira


Ministra assume o comando do país assim que Temer deixar o país. O presidente retorna no dia seguinte.

10 de ABRIL 2018 - A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, assumirá a presidência da República por algumas horas, a partir da próxima sexta-feira (13). Isso porque o presidente Michel Temer viajará para o Peru, onde participará da Cúpula das Américas. Cármen Lúcia assume o comando do país assim que Temer deixar o espaço aéreo brasileiro, na sexta-feira. O presidente retorna no dia seguinte, em horário a definir.

Apesar de Rodrigo Maia, presidente da Câmara, e Eunício Oliveira, presidente do Senado, aparecem na frente de Cármen Lúcia na linha sucessória, eles se tornariam inelegíveis no pleito deste ano caso assumissem o posto de Temer. Com isso, ambos deixarão o país no mesmo período. Eunício fará uma viagem previamente marcada ao Japão e Maia visitará o Panamá para participar de um evento.

Não é a primeira vez que um presidente do STF assume interinamente a presidência da República. Em setembro de 2014, Ricardo Lewandowski foi presidente por dois dias, quando a presidente Dilma Rousseff e Michel Temer, então vice-presidente, estavam em agendas fora do país.

Em 2002, foi o ministro Marco Aurélio Mello, em virtude de uma viagem de Fernando Henrique Cardoso à Europa. Na ocasião, o vice-presidente também estava fora do país e os presidentes da Câmara e o Senado acompanharam FHC em sua viagem.

Os outros ministros do STF que já assumiram interinamente a cadeira de presidente da República foram José Linhares, que assumiu, com a deposição de Getúlio Vargas, de 30 de outubro de 1945 a 31 de janeiro de 1946; José Carlos Moreira Alves, em 1986; e Octávio Gallotti, em agosto de 1994.

Ana Paula Cardoso - Jornal O Mossoroense.

CARLOS AUGUSTO MAIA AGINDO EM BENEFÍCIO DA SEGURANÇA PÚBLICA.

Por meio do nosso mandato Parnamirim agora é ouvida e lembrada no cenário Estadual.

Com muito esforço, e mesmo diante de um cenário de crise, garantimos para Parnamirim novas viaturas para reforçar a Segurança Pública.

São viaturas 4x4 para o 3° Batalhão de Polícia Militar em Parnamirim que irão auxiliar nas medidas de policiamento ostensivo e preventivo de nosso povo.

http://carlosaugustomaia.com.br/conquistamandatoparnamirim/

#NossoRN #NossoTrabalho #Parnamirim #MaisCidadaniaPraVoce

LANÇAMENTO DO LIVRO "ENTRE SALINAS E MALEDICÊNCIAS" DA ESCRITORA APARECIDA REGO. UMA NOITE MEMORÁVEL.

Na última Sexta-feira, 06 de abril, tive a honra e a alegria de prestigiar o lançamento do Livro "Entre Salinas e Maledicências", da Professora e Escritora Pauferrense Aparecida Cida Rego.
O Evento aconteceu no Centro Cultural Joaquim Correia em Pau dos Ferros. Estiveram presentes, autoridades e população. Aqui em destaque, alguns amigos: O Prefeito de Pau dos Ferros Leonardo Rêgo, poeta, cordelista e declamador Robson Renato, Júnior, Cícero Rego, Antônia, Edielson Rego, Vereador Gilson Rego, fotógrafo Államo Vieira, Professor Gilton Sampaio, Colunista do Jornal de FATO Lisboa Batista, Secretária Municipal de Educação Eliesse Queiroz, proprietário do Site CCNS e radialista Antônio Carlos e demais.
Eu, na condição de membro da Academia de Letras e Artes de Martins (ALAM) e Diretor de Comunicação da referida Academia, fiz uso da palavra e transmiti os parabéns à brilhante Professora e Escritora Aparecida Cida Rego. Mais uma vez: Parabéns Aparecida Rego!!! Indubitavelmente foi uma noite memorável...

Cinco dos acusados pela morte da travesti Dandara são condenados.


Dandara dos Santos, 42 anos, travesti espancada e 
assassinada em Fortaleza 
(Foto: Reprodução)

06 de ABRIL 2018 - Cinco dos oito acusados pelo assassinato de Dandara dos Santos foram sentenciados na madrugada desta sexta-feira (6). Todos os réus julgados foram condenados com as qualificadoras de motivo torpe (homofobia), meio cruel e sem chance de defesa para a vítima.

As penas, contudo, foram individualizadas, de acordo com a participação de cada um no crime. Francisco José Monteiro de Oliveira Junior foi condenado a 21 anos em regime fechado por ter atirado em Dandara. Jean Victor Silva Oliveira teve pena de 16 anos por usar a tábua no espancamento.

Rafael Alves da Silva Paiva também


foi condenado a 16 anos, mas por ter agredido a vítima com chutes. Francisco Gabriel dos Reis cumprirá pena de 16 anos por ter agredido Dandara com chineladas. Por fim, Isaías da Silva Camurça foi punido com 14 anos e 6 meses por ter proferido palavas e frases ofensivas durante o ataque.As defesas de Jean e Rafael vão recorrer da decisão, por entenderem que a pena foi elevada, justificando que a agressão causada por eles não foi determinante para a morte de Dandara.

O julgamento teve início às 9h46 desta quinta-feira (5) e durou 14 horas e 45 minutos até a leitura da sentença, terminando por volta da 0h30 desta sexta-feira (6). O processo aconteceu no 1º Salão do Júri do Fórum Clóvis Beviláqua, em Fortaleza.

Dandara dos Santos foi agredida com socos, chutes e golpes de pau e pedra em fevereiro de 2017, em Fortaleza.

Os acusados foram condenados por crime triplamente qualificado: sem chance de defesa à vítima, motivo torpe e crueldade. Enquanto espancavam Dandara, um dos acusados filmou o crime com um celular, imagem que foi compartilhada em redes sociais.

Eles confessaram participação na agressão contra Dandara, mas negaram a intenção de matá-la.

Dos 12 acusados de participar do crime, quatro são menores que cumprem medida socioeducativa. Dois estão foragidos. Um deles, Júlio Cesar Braga, conseguiu ser retirado do julgamento por falta de provas. Outros cinco foram julgados nesta quinta.

Ação de ativistas



Ativistas protestam pela condenação de acusados de 
matar Dandara dos Santos 
(Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Um grupo de ativistas que defendem gays e travestis realizou um protesto em frente ao Fórum Clóvis Beviláqua, onde ocorreu o julgamento. Alisson Silva, que faz parte do Grupo Integrante do Coletivo Polo Trans, reforça que é importe os grupos coletivos participarem dos julgamentos e de protestos.

“Para gente que somos dos coletivos dos grupos de resistência e temos como pauta essas questões LGBTs, para gente é muito importante está presente poder ver a Justiça sendo feita”.


Por G1 CE

Prefeita de cidade do interior do RN sofre tentativa de assalto e motorista é baleado


Tiro atravessou a lataria do carro e atingiu o motorista 
(Foto: Diego Moicano/CG na Mídia)

06 de ABRIL 2018 - O motorista da prefeita de Olho D'Água do Borges, cidade da região Oeste potiguar, foi baleado durante uma tentativa de assalto na noite desta quinta-feira (5) entre as cidades de Campo Grande e Triunfo Potiguar, que fica na mesma região. Segundo a Polícia Militar, Maria Helena (PSD) também estava no carro, mas não se feriu.

De acordo com a PM, o motorista e a prefeita foram abordados por suspeitos em um carro por volta das 19h. O funcionário da chefe do poder Executivo de Olho D'Água do Borges não parou e os criminosos atiraram contra o veículo.

Ainda segundo a polícia, um dos tiros perfurou a lataria do carro e atingiu o motorista. Baleado, ele conseguiu dirigir o carro até o município de Campo Grande. Quando chegou na entrada da cidade, ele perdeu o controle do veículo, bateu em um motociclista e também em um micro-ônibus.

Motorista e motociclista foram socorridos para um hospital em Mossoró. Segundo informações da PM, eles não correm riscos de morte.


Ao perder o controle do carro, motorista da prefeita 
acabou atingindo um motoclista e um segundo veículo 
(Foto: Diego Moicano/CG na Mídia )

CAMPO GRANDE MOSSORÓ OLHO D'ÁGUA DO BORGES
RIO GRANDE DO NORTE


Por G1 RN

Alunos de universidade relatam medo após pichações homofóbicas e preconceituosas em banheiro.


Na montagem, as três mensagens escritas no 
banheiro masculino próximo à gourmeteria do 
pátio central da USC de Bauru (Foto: Arquivo pessoal)

04 de ABRIL 2018 - Uma série de mensagens agressivas pichadas em um dos banheiros da Universidade do Sagrado Coração (USC), de Bauru (SP), deixou um clima de medo e insegurança entre alguns alunos da instituição.

As descrições, feitas na semana passada, circularam pelas redes sociais e já foram apagadas pela instituição. Nelas, os autores divulgam mensagens agressivas de cunho homofóbico e com preconceito de classe.

Procurada, a assessoria de imprensa da universidade disse que também “se considera vítima” destes atos de vandalismo e que “não comunga com mensagens de exclusão”. Diz ainda que, apesar desses atos que incentivam a violência, o local é seguro.

Em uma das pichações, a mensagem aponta: “Remédio de gay é lâmpada fluorescente”, provavelmente em referência ao caso de 2010 de agressão a um jovem com uma lâmpada deste tipo, na Avenida Paulista, na capital. Um dos agressores foi condenado cinco anos depois.

Em outra pichação, ainda de cunho homofóbico, o autor escreve que “cura gay é surra de paulada”. Há ainda uma terceira mensagem escrita nas paredes que destaca o preconceito de classe e de rivalidade ideológica: “Mate um favelado, mate um anarquista”.


A Universidade do Sagrado Coração diz que seu campus 
é aberto à comunidade, mas que a segurança é eficiente 
(Foto: Google Street View/Reprodução)

Todas as pichações aparecem assinadas pelas palavras “Direita Bauru” cercadas por duas letras gregas sigma (Σ). A letra sigma é associada ao movimento integralista brasileiro, de extrema direita, criado em 1932 por Plínio Salgado com inspiração no fascismo italiano.

Segundo uma aluna do 4º ano de psicologia, que pediu para não ser identificada, o sentimento entre os universitários com quem ela convive é de temor por não se saber quem seriam os autores deste tipo de manifestação.

“Não sabemos quem são essas pessoas, é complicado lidar com neonazistas, nacionalistas, integralistas. Não sabemos até que ponto essas ameaças podem se tornar realidade. Aqui é um espaço de diversidade e por isso achamos que o risco é para alunos, funcionários e a comunidade que frequenta esse espaço”, diz a estudante.

Os estudantes também pedem mais segurança no campus e uma manifestação mais enfática da universidade sobre o caso. Para eles, não bastaria apenas “limpar as paredes”.

O G1 conversou com duas universitárias e elas avaliam registrar um boletim de ocorrência ou até mesmo pedir ajuda ao Ministério Público.

Assim que o caso ganhou as redes sociais, uma das alunas enviou email para a reitoria e para a ouvidoria relatando a situação. Por meio de um dos seus canais de comunicação oficial, a USC respondeu que "acionou o setor competente para tomar as devidas providências".

“Não dá pra ficar no silêncio e apenas limpar o banheiro, porque isso só mascara o problema e pode até eliminar eventuais provas se a situação virar um caso de polícia”, diz a estudante.

A assessoria de imprensa da USC explicou que a universidade promove ações de inclusão e de atendimento à comunidade. Por isso, o campus é aberto a todos e que não há controle de acesso.

A USC ressaltou, porém, que a segurança é eficiente no local e que prova disso é que o ato de vandalismo aconteceu em um dos banheiros, local onde os seguranças não podem entrar para efetuar a fiscalização.

Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília

BAURU

Por Sérgio Pais, G1 Bauru e Marília

‘Covardia’, diz irmão de cantor de banda católica morto com tiro nas costas em Natal


04 de ABRIL 2018 - Um choque, uma dor sem tamanho, saber que ele não está mais ali, saber da covardia que foi feita”. A declaração é do consultor de vendas Alexandre França, 42 anos, irmão do cantor e professor Alex Fabiano de Sousa França, 36, que morreu após ter sido baleado em um assalto na Zona Oeste de Natal, na noite desta terça-feira (3). “É muito difícil receber da notícia, segurar a barra, e mais difícil ainda dizer para a família”, complementa o irmão.

De acordo com a família, Alex foi baleado pelas costas, mesmo estando deitado no chão e sem esboçar reação ao assalto. O caso aconteceu no início da noite, quando ele saída da casa de um amigo no bairro Felipe Camarão e seguia para a primeira aula do mestrado em Educação Física, que iria começar em uma universidade privada da capital potiguar. “

O cantor foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento da Cidade da Esperança, na Zona Oeste da cidade, e de lá foi transferido para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, maior unidade de saúde da capital potiguar, na Zona Leste, mas não resistiu e morreu antes de ser iniciada a cirurgia.

Alexandre conta que Alex era o mais novo de quatro irmãos, era solteiro e querido por todos. “Meus pais já são idosos. Meu pai já tem 80 anos e minha mãe, 76. O sofrimento maior é deles”, lamenta o irmão.

O que aconteceu

Segundo o irmão, Alex tinha perdido a carteira, mas ela foi encontrada e estava com um amigo dele, que mora em Felipe Camarão. Alex foi até lá pegar a carteira e passou parte da tarde com o amigo. “Era o primeiro dia de aula dele no mestrado e ele não queria chegar atrasado, então o amigo ofereceu o carro para ele ir”, conta Alexandre.Quando saía da casa do amigo, três homens chegaram ao local e anunciaram o assalto, mandando as vítimas deitarem no chão. Na saída, um deles atirou nas costas do professor. Ele foi socorrido, mas não resistiu.


Fonte: Blog do Robson Pires.

ATENÇÃO CIDADÃOS!!! OLHOS ABERTOS AOS NOSSOS DIREITOS.

Assistam ao Vídeo


VIÇOSA: AÇÃO E DESENVOLVIMENTO.


03 de ABRIL 2018 - Prefeitura Municipal de Viçosa através da Secretaria Municipal de Assistência Social promoveu neste dia 03 de Março o Primeiro Encontro Intersetorial e Aperfeiçoamento da Gestão do Programa Bolsa Família e Cadastro Único de Viçosa que foi realizado pela equipe da Secretaria Estadual do Trabalho, Habitação e Assistência Social - SETHAS. O evento aconteceu no salão de reuniões do CRAS Irineia de Souza Barra e contou com a participação de profissionais das Secretarias de Assistência Social, Saúde e Educação. O encontro foi conduzido por Jairo Bezerra (Coordenador Estadual do Programa Bolsa Família e Cadastro Único), Josafar de Oliveira (Coordenador do Programa Bolsa Família na Educação) e Felipe Fernandes (Assessor Técnico Estadual do Programa Bolsa Família e Cadastro Único) que fazem parte da equipe do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

Publicidade

Publicidade
Ligue - 84991663869