Temer tem o direito de não responder a perguntas da Polícia Federal, diz Fachin


O presidente Michel Temer, durante evento no Planalto nesta quarta (31) (Foto: Marcos Corrêa/PR)

31 de MAIO 2017 - O ministro Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), esclareceu que o presidente Michel Temer tem o direito de não responder às perguntas da Polícia Federal no inquérito relacionado às delações da JBS. Na mesma decisão, Fachin negou pedido da defesa de Temer para suspender o interrogatório, que não tem data marcada.

Fachin autorizou a PF a interrogar o presidente por escrito. Temer passou a ser investigado em um inquérito pelos crimes de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa.

As investigações foram autorizadas após as delações de executivos da JBS no âmbito da Operação Lava Jato. Os empresários Joesley e Wesley Batista entregaram ao Ministério Público Federal documentos, vídeos, fotos e gravações que atingem, principalmente, Temer e o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).

Desde que o conteúdo das informações prestadas pelos delatores se tornou público, o presidente tem rebatido todas as acusações em notas e em pronunciamentos à imprensa (saiba mais abaixo quais são as acusações e o que o presidente diz).

Ponto a ponto: o que os delatores da JBS disseram sobre Temer
O pedido da defesa

Os advogados do presidente queriam que o interrogatório da PF fosse feito somente após a perícia na gravação de uma conversa de Joesley Batista com Temer no Palácio do Jaburu. Esse áudio foi entregue pelo empresário aos investigadores da Lava Jato (ouça a conversa).

A defesa também pediu que não fossem feitas perguntas sobre a conversa, cujo conteúdo, segundo os advogados, foi adulterado.

A resposta de Fachin

Responsável pela investigação no STF, Fachin disse que, em seu próprio pedido, Temer se mostrou "o principal interessado" na rapidez da apuração. Por isso, autorizou a PF a preparar o depoimento mesmo sem a conclusão da perícia.

"Ainda que não haja nos autos laudo pericial oficial atestando a higidez da gravação apresentada, poderá o requerente [Temer] – seria desnecessário qualquer pronunciamento judicial nesse sentido – recusar-se a responder eventuais indagações que digam respeito ao diálogo em comento, sem que isso possa ser interpretado como aceitação de responsabilidade penal".

A conversa entre Temer e Joesley Batista ocorreu no subsolo da residência oficial do Palácio do Jaburu e nela, segundo a Procuradoria Geral da República (PGR), o presidente teria dado aval para o pagamento de propina ao ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para que não revelasse irregularidades no governo.

Acusações

Relembre abaixo algumas das acusações envolvendo o presidente Michel Temer, de acordo com o Ministério Público e segundo os delatores da JBS:

'Anuência' para propina a Cunha;
Recebeu R$ 15 milhões e 'guardou' R$ 1 milhão.
Respostas

À medida em que o conteúdo das delações era conhecido, o G1 questionava a Presidência sobre as acusações. Leia abaixo:

Ajuda a Cunha: "No diálogo com Joesley Batista, o presidente Michel Temer diz que nada fez pelo ex-deputado Eduardo Cunha. Isso prova que o presidente não obstruiu a Justiça. Michel Temer não recebeu valores, a não ser os permitidos pela Lei Eleitoral e declarados ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Portanto, não tem envolvimento em nenhum tipo de crime."

Ação no TSE: "Isso não ocorreu".

Atuação para impedir Lava Jato: "O presidente nunca atuou para impedir o avanço da Lava Jato".

Recebeu R$ 15 milhões e guardou R$ 1 milhão:
"O presidente não pediu nem recebeu dinheiro ilegal."

Vídeo: Assista ao pronunciamento do presidente sobre as delações da JBS

JBS JOESLEY BATISTA LUIZ EDSON FACHIN MICHEL

Por Renan Ramalho, G1, Brasília

Papa nomeia brasileiro secretário em departamento ligado à questão da família.

Papa Francisco nomeou o padre carioca Alexandre Awi Mello para ser secretário do Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida (Foto: Rádio Vaticano/ Reprodução)
31 de MAIO 2017 - Papa Francisco nomeou o padre carioca Alexandre Awi Mello como novo secretário do Dicastério (um dos departamentos da Cúria Romana) para os Leigos, a Família e a Vida, informou a Santa Sé nesta quarta-feira (31).

Mello, que é diretor nacional do Movimento de Schoenstatt, nasceu em 17 de janeiro de 1971 e estudou Filosofia e Teologia na Pontifícia Universidade Católica de Santiago, no Chile. Em 2000, se formou em Teologia na Alemanha e atualmente está concluindo o doutorado em "mariologia" na Universidade de Dayton, em Ohio, nos Estados Unidos.

O seu tema de estudo é "Maria-igreja, Mãe do povo missionário: o Papa Francisco e a piedade popular mariana no contexto teológico-pastoral da América Latina", de acordo com a Rádio Vaticano.

Instituído pelo papa Francisco em junho de 2016, o Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida foi criado para adaptar os dicastérios da Cúria Romana às situações contemporâneas e se encaixar nas necessidades da Igreja. Atualmente, é dirigido pelo cardeal americano Kevin Joseph Farrell, segundo a Efe.

PAPA FRANCISCO

Por G1

Dois delegados da Polícia Federal são mortos a tiros em Florianópolis.


Crime aconteceu no bairro Estreito, na área continental de Florianópolis (Foto: Júlio Ettore/RBS TV e Nelson Jr./SCO/STF )

31 de MAIO 2017 - Dois delegados da Polícia Federal (PF) foram mortos a tiros em Florianópolis na madrugada desta quarta-feira (31) em uma casa noturna. Uma terceira pessoa também foi baleada. De acordo com a PF, as vítimas trabalhavam no estado do Rio de Janeiro.

Adriano Antonio Soares era delegado chefe da Polícia Federal em Angra dos Reis e investigou o acidente aéreo que causou a morte do ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF). Já Elias Escobar atuava em Niterói.

Em nota, a Polícia Federal lamentou a morte dos policiais e esclareceu que o inquérito que apura o acidente envolvendo a morte de Teori encontra-se em Brasília, presidido por outro delegado, e apenas foi registrado em Angra dos Reis, local do fato.

Briga em casa noturna

Os policiais estavam em uma casa noturna na rua Fúlvio Aducci, no bairro Estreito, região continental da capital catarinense. De acordo com a Polícia Federal, ocorreu um desentendimento entre frequentadores e tiroteio por volta das 2h. Os policiais federais não estavam em serviço.

Um dos policiais teria morrido no local e outro no hospital. A terceira pessoa baleada seria um dos envolvidos no desentendimento e até o início da manhã desta quarta-feira estava internada e não teve a identidade divulgada.

De acordo com a Polícia Militar, por volta das 5h30, um veículo teria passado em frente a unidade de saúde atirando. Ninguém se feriu nesta segunda ocorrência.

Investigação

O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Polícia Civil, com apoio da Polícia Federal. Ao menos outros dois homens estariam envolvidos na briga. Nenhum suspeito foi detido. O motivo da discussão na casa noturna ainda não foi informado.

Segundo a PF, as vítimas estavam em Florianópolis participando de um curso.

Nota da Polícia Federal

A Polícia Federal lamenta a morte de dois delegados, ocorrida na madrugada de hoje (31/05) em Florianópolis/SC. Os dois atuavam em Angra dos Reis e Niterói, respectivamente, e estavam na cidade participando de uma capacitação interna. O falecimento dos policiais decorreu de uma troca de tiros em um estabelecimento na capital catarinense. Neste momento de imensa tristeza, a Polícia Federal expressa suas condolências e solidariedade aos familiares e amigos enlutados. Sobre informações que relacionam um dos policiais mortos à investigação do acidente aéreo que vitimou o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal, Teori Zavascki, a PF esclarece que o inquérito que apura o caso encontra-se em Brasília/DF, presidido por outro delegado, e apenas foi registrado em Angra dos Reis, local do fato.

Elias Escobar foi um dos delegados mortos em Florianópolis (Foto: Arquivo pessoal)
Elias Escobar foi um dos delegados mortos em 
Florianópolis (Foto: Arquivo pessoal)

ANGRA DOS REIS FLORIANÓPOLIS NITERÓI POLÍCIA FEDERAL


Por G1 SC

Explosão em bairro de embaixadas em Cabul mata 80 e deixa 350 feridos.

Homem ferido se arrasta após explosão no bairro das embaixadas em Cabul, no Afeganistão, nesta quarta-feira (31) (Foto: Omar Sobhani/ Reuters)

31 de MAIO 2017 - Um atentado com caminhão-bomba nesta quarta-feira (31) em Cabul, capital do Afeganistão, deixou ao menos 80 mortos e 350 feridos em uma área de alta segurança, perto do Palácio Presidencial, de várias embaixadas e edifícios do governo, segundo a BBC e a Reuters. Nenhum grupo reivindicou o ataque, mas o Talibã negou qualquer envolvimento.

VEJA FOTOS DO ATAQUE

O porta-voz do ministério afegão da Saúde, Waheed Majroh, informou que, entre as vítimas, estão mulheres e crianças e que o balanço ainda pode aumentar pois corpos ainda estão sendo retirados dos escombros.

Um motorista da BBC morreu e quatro jornalistas ficaram feridos no ataque, que aconteceu por volta das 8h25 (horário local, 0h55 de Brasília), no Distrito Policial 10, perto da Praça Zanbaq.

A explosão aconteceu perto da Embaixada da Alemanha, que ficou danificada, mas as equipes de segurança e o governo alemão ainda acham que é cedo para dizer que o imóvel era o alvo do ataque. O ministro de relações exteriores alemão, Sigmar Gabriel, afirmou que a equipe de segurança afegã que trabalhava no prédio está provavelmente entre os mortos e que algumas pessoas ficaram feridas, mas a maioria sem gravidade.

Os prédios da França e da Turquia também foram afetados. O governo da Turquia garantiu que seus funcionários não se feriram. A ministra francesa de negócios europeus, Marielle de Sarnez, afirmou que até o momento não há relato de pessoas machucadas na embaixada francesa.


Um cão corre perto de local de explosão em Cabul (Foto: Shah Marai / AFP Photo)

A explosão foi tão violenta que abalou parte da cidade, quebrando vidraças e gerando pânico entre a população. Testemunhas relataram que 30 carros que circulavam na região ficaram destruídos. Uma densa coluna de fumaça podia ser vista à distância.

Prédio da Embaixada da Alemanha em Cabul (Foto: Mohammad Ismail / Reuters)

Após o atentado, muitas pessoas tentavam desesperadamente entrar na área isolada para saber notícias de familiares e amigos, constatou a France Presse (AFP). “Graças a Deus, o pessoal da embaixada indiana está são e salvo após a enorme explosão em Cabul”, tuitou a chefe da diplomacia indiana, Sushma Swaraj.



(Foto: G1 )

O presidente do Afeganistão, Ashraf Ghani, condenou fortemente o ataque “covarde no mês sagrado do Ramadã que visou civis inocentes", segundo a BBC. Na semana passada, ele tinha pedido que todos os grupos insurgentes respeitassem a comemoração do mês sagrado e interrompessem suas ações armadas.


Mulher ferida em Cabul (Foto: Mohammad Ismail / Reuters)

Caminhão com explosivos

O porta-voz da polícia de Cabul disse que as primeiras investigações apontam que o veículo, um pequeno caminhão do serviço de rede de esgoto, foi carregado de explosivos. "O alvo não está ainda claro, mas foi perto da Embaixada da Alemanha", afirmou Basir Mujahid. A área foi isolada e as investigações continuam.

Até o momento, o ataque não foi reivindicado, mas a explosão ocorre logo após o anúncio da “ofensiva de primavera” dos talibãs. O grupo Estado Islâmico (EI) comete atentados regulares contra Cabul.

No entanto, no domingo (28), os talibãs provocaram uma explosão com um carro-bomba, em um ponto de ônibus em Khost, no sudeste do país, deixando 13 mortos e oito feridos, no primeiro dia do Ramadã.



Homens ajudam ferido a ser levado para hospital após explosão em Cabul, no Afeganistão, nesta quarta-feira (31) (Foto: Mohammad Ismail/ Reuters)

O chefe do Pentágono, Jim Mattis, declarou recentemente que esperava “mais um ano difícil” para o Exército afegão e os soldados estrangeiros no Afeganistão.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, analisa o envio de mais militares ao Afeganistão para resolver o impasse. Os EUA têm 8.400 militares no território afegão, apoiados por 5 mil homens de países aliados da Otan. A principal missão deste contingente é treinar e aconselhar os soldados locais.



Homens movem um homem ferido para um hospital (Foto: Mohammad Ismail / Reuters)

Papa

O Papa Francisco expressou suas condolências aos afetados pelo atentado, um "brutal ato de violência".

"Após tomar conhecimento, com tristeza, do abominável ataque em Cabul e dos muitos mortos e feridos graves, o papa Francisco manifesta as suas sentidas condolências a todos os que foram afetados por este brutal ato de violência", diz a mensagem enviada pelo secretário de Estado do Vaticano, Pietro Parolín, em nome do pontífice ao embaixador afegão na Itália, Zia Uddin Nezam.

AFEGANISTÃO ALEMANHA CABULFRANÇA TURQUIA

Por G1

Prefeitura confirma salário, 13º e gratificações da saúde do mês de maio.


31 de MAIO 2017 - Os servidores públicos municipais de Mossoró vão receber os salários de maio nesta quarta-feira, 31. A Prefeitura também anunciou o pagamento do 13º salário para os que fazem aniversário este mês e do Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica (PMAQ), gratificação da saúde, confirmando o cronograma acertado com a categoria.

Quem ganha até R$ 2.700 receberá, juntamente com o mês de maio, o salário de dezembro. Já no próximo dia 2 de junho será pago o décimo de dezembro aos profissionais da educação.

“Estamos honrando os compromissos e priorizando a folha de pagamento do servidor. Desde que assumimos, mantemos constante diálogo com as categorias para que todas as questões pertinentes ao funcionalismo municipal sejam resolvidas em comum acordo”, destaca a prefeita Rosalba Ciarlini.

Ana Paula Cardoso


Fonte: Jornal O Mossoroense.

Projeto Saúde na Calçada lança caderneta de vacinação para moradores de rua.


As equipes do Consultório de Rua trabalham todas as noites (Foto: Divulgação).

31 de MAIO 2017 - A Prefeitura de Mossoró lançou na tarde da terça-feira, 30, o projeto “Saúde na Calçada”, com ações voltadas aos cuidados com a saúde e prevenção dos moradores em situação de rua. Entre os serviços oferecidos está a caderneta de vacinação do morador de rua.

“Queremos controlar os dados de saúde do morador para que se possa fazer a imunização completa. É o primeiro passo para várias outras ações”, ressaltou a psicóloga e uma das coordenadoras do projeto, Lena Indiara.

Para realizar a ação, o município contou com parcerias de unidades básicas de saúde e instituições privadas. A iniciativa é desenvolvida pela equipe do Consultório de Rua, programa do Governo Federal desenvolvido pelas prefeituras.

Em Mossoró, todas as noites as equipes do Consultório de Rua trabalham continuamente. No entanto, o objetivo deste projeto específico é o de chamar a atenção da sociedade para a situação dos moradores de rua.

“Vimos a necessidade de sistematizar ações. Fazemos campanhas de vacinas, verificação de pressão, IMC (Índice de Massa Corporal). Pensamos nesse projeto que será uma ação mensal para mobilizarmos também a sociedade”, explicou Lena Indiara.

Ana Paula Cardoso

Fonte: Jornal O Mossoroense.

Choro de bebê em casa de jovem deficiente chama atenção de vizinhos e padrasto acaba preso por abuso sexual.

Suspeito prestou depoimento na manhã desta terça-feira, na 135ª Delegacia Legal, e já está no Presídio Diomedes Vinhosa Muniz, em Itaperuna (Foto: Divulgação/Folha Itaocarense)

30 de MAIO 2017 - O choro de um bebê na casa de uma jovem com deficiência visual e mental, de 26 anos, chamou a atenção de vizinhos, que, desconfiados, acionaram o Conselho Tutelar e o padrasto dela, de 47 anos, acabou preso por suspeita de abuso sexual, na tarde de segunda-feira (29), em Itaocara, no Noroeste Fluminense.

Um laudo pericial confirmou o abuso e, ainda segundo a Polícia Civil, por meio de exame de DNA, também ficou constatada a paternidade do padrasto. A polícia acredita que os abusos começaram no ano passado e investiga se a mãe da jovem foi conivente.

Além das deficiências mental e visual, a vítima também tem dificuldade de locomoção. O suspeito prestou depoimento na manhã desta terça-feira (30) na 135ª Delegacia Legal e foi autuado por estupro de vulnerável.

O bebê foi retirado da casa da avó, mãe da vítima de violência sexual, há 20 dias e encaminhado para adoção.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a investigação começou após denúncia do Conselho Tutelar, que descobriu a presença do bebê na casa da vítima, no bairro Caxias. Segundo a polícia, o preso e a mãe da vítima estavam escondendo a criança, cujo parto foi feito em casa.

O suspeito está no Presídio Diomedes Vinhosa Muniz, em Itaperuna.

ITAOCARA  ITAPERUNA

Por Amaro Mota, G1, Itaocara

HOMICÍDIO FOI REGISTRADO EM CARAÚBAS, NO RN NESTA TERÇA-FEIRA

30 de MAIO 2017 - A Polícia Civil de Caraúbas confirma que por volta de meio dia desta terça-feira, 30, um homem conhecido por Igor foi encontrado morto a tiros na estrada carroçável, que liga o bairro Alto da Liberdade a localidade de Santo Antônio.

As testemunhas que viram o local do possível assassinato narraram aos policiais que o corpo está caído, com marcas de violência (tiros), ao lado de uma moto. Também conforme as testemunhas, ainda não é possível se ter uma noção mais aproximada do que teria ocorrido.

O corpo está perto de um corrego, que fica distante 3 km da área urbana da cidade.
A Polícia Militar foi acionada para o local. Já está realizando as primeiras diligências para descobrir o que aconteceu. A Policia Civil, também acionada, chamou o ITEP, de Mossoró, para remover o corpo e periciar o local.
O caso deve ser investigado em inquérito policial conduzido pelo delegado Luis Antônio, titular da Delegacia de Policia Civil de Caraúbas.

Fonte: Grupo Cidadão 190 via Mossoró Hoje.

Fonte: Blog do Márcio Melo.

Policial federal é assaltada em frente à sede da PF em Fortaleza; suspeitos são presos.

Suspeitos foram presos após tentativa de fuga em frente à sede da Polícia Federal (Foto: Arquivo pessoal)

30 de MAIO 2017 - Uma escrivã da Polícia Federal sofreu uma tentativa de assalto em frente à sede da Polícia Federal em Fortaleza e teve o veículo roubado na tarde desta terça-feira (30). Após o crime, um segundo policial, que presenciou o crime, perseguiu os suspeitos e os capturou. Um deles foi baleado durante a fuga.

De acordo com a Polícia Federal, dois homens armados anunciaram assalto à escrivã quando ela chegava ao trabalho, no Bairro de Fátima. Eles tomaram o veículo da servidora e fugiram no carro; ainda em frente à sede da PF, eles colidiram contra uma motocicleta e uma árvore.

Em um segundo momento, eles deixaram o veículo e tentaram fugir correndo em direção à Base Aérea de Fortaleza, próxima ao local do crime. Eles foram perseguidos e um deles foi baleado no braço.

O suspeito foi levado pelos policiais ao Hospital Frotinha da Messejana, onde recebeu atendimento médico e teve alta hospitalar. Ainda conforme os policiais, após o atendimento, o homem baleado foi levado de volta à Polícia Federal, onde deve prestar depoimento ainda na tarde desta terça.

Após o depoimento, o delegado responsável pelo caso vai definir se ele será mantido na carceragem da PF ou encaminhado à Delegacia de Capturas, da Polícia Civil.

O segundo suspeito, de acordo com a Polícia Federal, se identificou como sendo menor de 18 anos. Como ele não portava documentos, ele foi mantido na Polícia Federal até a checagem da identidade e confirmação da idade.

A escrivã relatou aos colegas policiais que sofreu abalos psicológicos, mas não foi ferida durante o assalto.


Após receber atendimento em hospital, suspeito foi levado de volta à sede da PF (Foto: Arquivo pessoal)

Por G1 CE

Mais de 24 mil pessoas tiveram que deixar as casas em Alagoas por causa das chuvas.


Casas foram destruídas com deslizamento de barreiras em Maceió (Foto: Ricardo Oliveira/ G1 AL)

30 de MAIO 2017 - O número de pessoas desabrigadas ou desalojadas em Alagoas por causa das chuvas chega a 24,1 mil, segundo o último boletim da Defesa Civil divulgado na tarde desta terça-feira (30). Sete pessoas morreram e 27 municípios estão em situação de emergência.

O levantamento vinha sendo contabilizado por famílias afetadas, mas o Corpo de Bombeiros informou que agora passará a divulgar a situação pelo número de pessoas.

O município em situação mais grave é Pilar, com 4 mil desalojados e 300 desabrigados. Na sequência aparecem Marechal Deodoro (2.500 desalojados / 1.235 desabrigados) e Maceió (3.125 desalojados / 260 desabrigados).

Para ajudar as vítimas, o Ministério da Integração Nacional anunciou que deve enviar, até o fim desta semana, R$ 12 milhões ao governo de Alagoas que devem ser usados em ações emergenciais nas cidades atingidas pelas chuvas fortes dos últimos dias.

Busca por desaparecidos

Os bombeiros ainda buscam duas pessoas desaparecidas. Uma delas foi soterrada em um deslizamento de barreira na capital, e a outra sumiu quando nadava em um rio na cidade de Satuba.

Nesta manhã, foram encontrados os corpos de uma mulher e de um bebê na Grota do Santo Amaro, em Maceió, onde houve um deslizamento no fim de semana. A suspeita é de que as vítimas sejam Lilia Sherliane e sua filha de apenas 7 meses.

Na segunda, os bombeiros acharam próximo ao local o corpo de um homem, que pode ser de José Romário da Silva, o marido de Lilia. O homem que continua desaparecido é Ailton Alves, 52, que é pai de José Romário.

(Foto: Editoria de Arte/G1)

ALAGOAS  MACEIÓ

Por Cau Rodrigues, G1 AL

Deputado Ricardo Motta tentou comprar silêncio de delator, diz Procurador-Geral de Justiça do RN

Ricardo Motta é denunciado por desvio de recursos do Idema e da Assembleia Legislativa (Foto: Eduardo Maia/ALRN)
30 de MAIO 2017 - Procuradoria-Geral de Justiça do Rio Grande do Norte disse que o deputado estadual Ricardo Motta (PSB) tentou comprar o silêncio de Gutson Bezerra, apontado pelo Ministério Público como o principal responsável pelo esquema que desviou R$ 19 milhões do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema) entre janeiro de 2013 e dezembro de 2014.

De acordo com documento encaminhado pelo Ministério Público ao desembargador Glauber Rêgo e obtido pelo jornal Tribuna do Norte, Gutson Bezerra, que fez um acordo de delação premiada, contou que, enquanto estava preso, recebeu a visita de Jorge "Fuleiro", que teria oferecido a ele R$ 50 mil para omitir o envolvimento de Ricardo Motta na fraude.

À Inter TV Cabugi, o advogado de defesa do deputado, Thiago Cortez, disse que vai se posicionar sobre o assunto nos autos do processo, mas que a acusação de Gutson Bezerra é uma "mentira absurda" e que Ricardo Motta nunca teve contato com o delator.

Em depoimento prestado no ano passado, Gutson Bezerra acusou o deputado de ficar com 60% dos desvios do Idema, ou seja, R$ 11,4 milhões. Vinte por cento teriam ficado com o próprio delator e os outros 20% teriam sido rateados entre outros dois ou três réus do processo. O deputado negou a acusação.

Ricardo Motta também é suspeito de chefiar um esquema criminoso, investigado na Operação Dama de Espadas, que desviou recursos públicos da Assembleia Legislativa do RN através de "servidores fantasmas". De acordo com o Ministério Público, o rombo nos cofres da AL pode passar de R$ 5,5 milhões. Sobre essa denúncia, a defesa disse que "só vai se pronunciar após ter acesso não só à denúncia mas também às provas".

Ainda segundo a Procuradoria, o deputado teve acesso a informações sigilosas relativas a medidas cautelares solicitadas pelo Ministério Público ao Tribunal de Justiça do RN e que poderiam ser usadas interferir da investigação. O MP pediu o afastamento de Ricardo Motta do cargo de deputado estadual.

RIO GRANDE DO NORTE

Por G1 RN

Médicos reimplantam braço de auxiliar de açougueiro vítima de acidente em Mossoró.

Aldo Pereira ainda está internado no HRTM, sob observação.

30 de MAIO 2017 - A equipe médica do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) conseguiu reimplantar o braço do auxiliar de açougueiro Aldo Pereira dos Santos Júnior, de 21 anos, que perdeu parte do membro em um acidente com uma serra elétrica na segunda-feira, 29. A reconstituição do braço foi possível graças aos populares que prestaram socorro ao jovem terem preservado o membro e levado rapidamente para o hospital.

Aldo Pereira ainda está internado no HRTM, sob observação.

O jovem auxiliar de açougueiro mora no bairro Alto da Conceição e sofreu acidente numa máquina de cerrar carnes com ossos em um supermercado no bairro Belo Horizonte.

Ana Paula Cardoso

Fonte: Jornal O Mossoroense.

Graças a Deus essa Criança já está com os pais.


Essa criança não foi abandonada, estava perdida, e o pai a encontrou. Agradecemos a todos que se preocuparam. 

Grupo explode fundos de presídio e destrói casa em Guapó, GO

Grupo explode fundos de presídio e destrói casa em Guapó; 11 presos fogem

30 de MAIO 2017 - Um grupo armado explodiu os fundos do Presídio de Guapó, na Região Metropolitana de Goiânia, na manhã desta terça-feira (30). Segundo a Polícia Civil, com a explosão, uma casa vizinha à cadeia ficou destruída. Vídeos mostram o resgate à moradora e também a fuga dos internos da unidade (veja acima).

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), onze presos fugiram e seis se feriram. Taynna Karita Silva Barros, que mora de aluguel na casa, também se machucou.

Em um vídeo, a mulher aparece ferida sob os escombros. Vizinhos foram os primeiros a chegar ao local para tentar ajudá-la. Eles retiraram pedaços de madeira e concreto que prendiam principalmente as pernas dela.

Taynna foi encaminhada para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), em Goiânia. Segundo a unidade, o estado de saúde dela é regular e estável. Ela respira espontaneamente e segue internada na emergência.

Pai de Taynna, o comerciante Lindomar Gonçalves Santana esteve no imóvel pouco depois da explosão e disse que a filha estava apreensiva por morar ao lado da cadeia. “[Ela] já vinha reclamando da segurança, sempre tinha gente no presídio jogando droga fazendo bagunça aqui, entrando na casa. Agora, hoje, aconteceu isso”, lamentou.


Taynna ficou ferida durante a explosão do presídio de Guapó (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)

Já os presos foram levados para o Hospital Municipal de Guapó. Eles tiveram escoriações diversas decorrentes da explosão. Em uma imagem feita por uma câmera de segurança, vários presos passam correndo por uma rua durante o início da fuga (veja no vídeo acima).

Segundo o delegado Arthur Fleury, toda ação começou por volta de 8h30. "Deram ré no veículo para derrubar o portão, colocaram os explosivos com uma carga exagerada e, infelizmente, ao invés de explodir para dentro da cela, o impacto foi para fora e destruiu a casa", disse.

Ainda segundo o delegado, a ordem para a explosão partiu de dentro do presídio. "A investigação está no início, mas a informação é que dois presos da cela é que encomendaram essa fuga violenta", disse.



Casa ficou completamente destruída após a explosão, em Guapó (Foto: Vitor Santana/G1 )

Pavor

Durante a ação, tiros foram disparados, deixando a população assustada. O presídio fica na região central da cidade e é cercado por várias casas. Segundo dados de 2016 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município tem pouco mais de 14 mil habitantes.

Agentes da SSPAP que estiveram no local informaram ao G1 que, no momento da explosão, havia 87 presos na unidade. Porém, eles não revelaram qual a capacidade do presídio.

Em nota, a SSPAP informou que foram tomadas "medidas emergenciais para atendimento dos feridos e transferência dos demais presos". Uma licitação para reforma e readequação da unidade prisional está prevista para ocorrer na quarta-feira (31). Além disso, há um acordo com o Ministério Público e o Poder Judiciário e prefeitura da cidade para que seja construída uma nova unidade prisional no município.

Policiais militares e civis foram acionados e conseguiram evitar novas fugas no local. A PM também está à procura dos detentos que escaparam. Já o Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência atuaram no local para prestar socorro às vítimas.

A assessoria de comunicação da Polícia Militar informou que foram presos três suspeitos de participarem da explosão do presídio. Além disso, dois internos foram recapturados.


Grupo explode fundos de presídio e destrói casa em Guapó, Goiás (Foto: Giovana Dourado/TV Anhanguera)

GUAPÓ

Por Sílvio Túlio e Vitor Santana, G1 GO

30 de Maio, Dia das Bandeiras.



As bandeiras são símbolos que
podem representar uma nação,
estado, agremiação política, recreativa
ou desportiva, etc. e, seja qual for a
instituição que represente, toda
bandeira é carregada de simbolismo.

A história nos mostra que as primeiras bandeiras que se tem conhecimento
foram usadas desde as antigas civilizações, onde os povos as utilizavam para representar seus exércitos, além disso, serviam também para ser identificado
pelos aliados.

Cada país no mundo possui sua bandeira. A bandeira é a identidade de nosso país, é o símbolo que representa toda uma nação e a soberania deste.

Porém não existem somente as bandeiras de cada país. Existem as bandeiras representativas de pessoas específicas e representativas de grupo de pessoas. A primeira pode representar uma pessoa particular, geralmente titular de um cargo estatal ou numa organização privada. Já a segunda representa a coletividade. Podemos ter as bandeiras nacionais, que representam toda uma nação, como por exemplo, a bandeira do Brasil. Temos também as bandeiras subnacionais, que representam territórios internos de uma nação, como por exemplo, a bandeira da cidade de São Paulo. Por fim temos as bandeiras de organização internacional como a bandeira das Nações Unidas, e as bandeiras de entidades públicas ou privadas, que representam empresas, clubes e universidades.

Você sabia que uma bandeira em mau estado de conservação não pode ser hasteada? Ela deve ser entregue a uma unidade militar para ser incinerada no dia 19 de novembro.

Clique aqui para conferir nosso Especial sobre o Dia da Bandeira!

Via: Internet.

Jovem desenterra irmão e anda de bicicleta pelas ruas de Prata com caixão.

Jovem desenterra irmão e anda de bicicleta pelas ruas de 
Prata com caixão

30 de MAIO 2017 - Um jovem de 29 anos foi preso em Prata (MG) na noite deste domingo (28) depois de ir ao Cemitério Municipal desenterrar o irmão que morreu há quase um ano e andar com o caixão sobre uma bicicleta pelas vias da cidade.


Jovem foi flagrado por testemunhas passeando com o caixão pela cidade de Prata, no Triângulo Mineiro 
(Foto: Reprodução )

Um dos responsáveis pela administração do Cemitério Municipal, Bruno Gonçalves, informou que o local é fechado por volta das 18h e o vigilante vai embora, deixando as luzes acesas. “Ele pulou o muro e sozinho conseguiu retirar a tampa do túmulo. Há muitas casas nas proximidades e moradores têm o costume de sentar na calçada, mas ninguém o viu saindo. É algo que a gente nunca imagina que aconteceria aqui, que é uma cidade muito tranquila”, disse.

Um morador que viu o rapaz empurrando a bicicleta fez imagens e o vídeo foi compartilhado pelas redes sociais. A Polícia Militar (PM) foi acionada e fez a abordagem no Bairro Jardim Brasil por volta das 19h.

Aos militares, ele disse que sonhou com o irmão pedindo para andar de bicicleta e esperou o cemitério fechar para invadir o local e abrir o túmulo. Depois de retirar o caixão do jazigo, ele iniciou o passeio. Apesar do longo período desde o sepultamento, o caixão aparentava estar intacto. Foram constatados que os restos mortais do homem estavam dentro do caixão.

Ainda de acordo com as informações da PM, o jovem parecia estar bastante transtornado e chegou a ser algemado por desacatar as ordens dos militares. Ele disse que só cometeu o ato porque sentia muitas saudades do irmão, sem nenhuma intenção de profaná-lo. Testemunhas relataram que desde a morte ele vinha apresentando distúrbios psíquicos.

O homem foi preso em flagrante por vilipêndio de cadáver - considerado crime de desrespeito aos mortos e previsto no Código Penal Brasileiro. Se condenado, pode pegar de um a três anos de detenção, além do pagamento de multa. O jovem assinou um termo para comparecer à Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos e em seguida foi liberado.

Segundo Gonçalves, após o fato a funerária foi acionada e na mesma noite o caixão foi devolvido ao túmulo. Ele explicou que a equipe passou a ser encarregada pelo cemitério recentemente e que jamais imaginaria que algo dessa natureza aconteceria em Prata. Diante dos fatos, já estão sendo providenciadas novas medidas para reforço da segurança no local.

PRATA

Por Caroline Aleixo, G1 Triângulo Mineiro

Filha do DJ Quirino é suspeita de mandar namorado matar o pai, diz polícia.


Elpídio Quirino Filho, o DJ Quirino, foi morto a tiros, em Goânia (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

29 de MAIO 2017 - Após seis meses da morte do DJ Elpídio Quirino dos Santos Filho, de 41 anos, a Polícia Civil informou neste domingo (28) que a filha dele, de 16 anos, mandou o namorado, de 15, matar o pai, em Goiânia. A adolescente estava ao lado do DJ no momento em que foi executado. Segundo a polícia, além do casal, um jovem de 25 anos suspeito de participar do crime está detido.

O Juizado da Infância e Juventude decretou a internação provisória da adolescente e do namorado. Responsável pelo caso, a equipe da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) informou que o casal foi apreendido em Caldas Novas.

Já o jovem foi preso temporariamente na última quinta-feira (25). De acordo com a investigação, ele dirigia o veículo utilizado para cometer o homicídio.

A polícia informou ainda que outro adolescente participou do crime, mas não explicou de que forma ele colaborou nem se está apreendido.

Os detalhes da investigação devem ser apresentados em uma coletiva de imprensa marcada para a manhã de segunda-feira (29).

Crime

O DJ foi morto a tiros na noite de 25 de novembro de 2016, quando chegava de carro na casa da mãe, na Vila Boa Sorte, em Goiânia. Na época, a Polícia Civil informou que ele estava acompanhado da filha, quando foram abordados por um criminoso.

Quirino foi atingido por três tiros e morreu no local. A filha escapou ilesa.

Logo após o crime, o delegado Ernane de Oliveira Cazer, que estava no local do homicídio, disse à TV Anhanguera que as informações preliminares apontavam que o criminoso se aproximou em um carro e anunciou assalto. Porém, amigos do DJ já suspeitavam que se tratava de uma execução pelo fato de não terem roubado nada de valor.

Além da adolescente apreendida pela suspeita de cometer o crime, Quirino deixou outra filha. Familiares contaram que ele trabalhava há mais de 10 anos como DJ e alugava equipamentos para outros profissionais. Segundo amigos, DJ Quirino estava prestes a inaugurar uma boate na capital.


DJ Quirino é morto a tiros na porta da casa da mãe (Foto: Reprodução/ TV Anhanguera)


GOIÂNIA

Por Paula Resende, G1 GO

Falha em inscrição no Sisu afetou até 600 mil participantes, diz MEC


Quando o aluno tentava se inscrever, número de inscrição 
e senha do Enem 2016 aparecem como inválido 
(Foto: Reprodução)

29 de MAIO 2017 - O Ministério da Educação (MEC) diz que uma falha em sua base de dados afetou até 600 mil pessoas que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 e que estão aptas a disputar vagas em universidades públicas oferecidas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do segundo semestre de 2017.

Baixe o aplicativo G1 Enem: jogo de perguntas e respostas

O Sisu seleciona, até quinta-feira (1º), alunos para mais de 51 mil vagas em cursos superiores. As inscrições começaram nesta manhã (veja calendário completo abaixo).

Estudantes afetados pela falha recebiam a mensagem "dados inválidos" quando tentavam acessar o Sisu. O MEC diz que quem teve dificuldade deve alterar a senha no site www.enem.inep.gov.br/participante para solucionar o problema.

Origem do problema

Segundo o MEC, foi identificada nesta manhã uma falha de "sincronização entre as bases de dados do MEC e do INEP". A pasta diz que o entrave já foi resolvido.

Ainda de acordo com a pasta, o número de potenciais candidatos afetados é de até 600 mil, e eles já estão recebendo informações por e-mail ou SMS sobre a necessidade de troca de senha.

"Além disso, foi inserida no sistema de inscrição uma mensagem específica para eles, redirecionando esses participantes a acessarem o site do INEP para realizar a atualização necessária", informou o MEC em nota. A pasta nega relação entre este problema e o verificado na primeira edição do Sisu neste ano.

Calendário do Sisu 2017.2

Inscrições: 29 de maio a 1º de junho

Chamada regular: 5 de junho

Lista de espera: 5 de junho a 19 de junho

Matrícula da chamada regular: 9 de junho a 13 de junho

Convocação dos candidatos da lista de espera: a partir de 26 de junho


ENEM  INEP  MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO  SISU

Por G1

Em João Dias, Prefeita Tássia Veríssimo é nomeada presidenta da Junta Militar.


29 de MAIO 2017 - Em cerimônia na manhã dessa quinta feira, 25, a prefeita Tássia Veríssimo foi nomeada presidente da Junta Militar de João Dias. A nomeação foi realizada pelo 2º Tenente do Exército, o senhor Ricardo Luiz de Paiva Afonso.

A prefeita destacou que “continuará apoiando o bom trabalho que vem sendo desenvolvido na Junta e que se compromete a apoiar e a manter a repartição”. Já o 2º Tenente elogiou a Junta Militar de João Dias como uma das melhores repartições da região. O evento contou com a presença da Secretária Municipal de Educação, Elizama Duarte, da gestora da Junta Militar, Elizenir Alves e do auxiliar do 2º Tenente, o senhor José Filho.

A Junta Militar oferece serviços como emissão de certificados de dispensa de incorporação e declarações que comprovem a quitação com o Serviço Militar, dentre outros. O alistamento militar é obrigatório a todo jovem brasileiro, do sexo masculino, no período de janeiro a junho do ano em que completar 18 anos, na Junta Militar ou através do site da instituição.



Postado por Luciedima

Fonte: Resenha Pauferrense.

Médico mossoroense capota carro e escapa por milagre.


29 de MAIO 2017 - O médico do Instituto Técnico e Científico de Polícia (ITEP) de Mossoró, Alexandre Avelino Moreira Maia, capotou seu carro na manhã desta segunda-feira, 29, na BR 304, nas proximidades da fábrica Porcellanati.

Alexandre Avelino ficou preso às ferragens após o capotamento. Populares usaram picaretas e alavancas para resgate da vítima.

O médico procedia de Fortaleza (CE) com destino a Mossoró.

O acidente aconteceu já em área de configuração urbana, trecho de denominado Distrito Industrial de Mossoró, com veículo tendo capotado várias vezes a ponto de ficar emborcado.

Ele perdeu o controle de sua picape Hilux de cor prata.

Alexandre foi socorrido por uma equipe do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM) com suspeita de fratura em um dos braços.

O carro ficou praticamente destruído.

O Câmera

Do Blog do Robson Pires.

Tecnologia transforma água imprópria para consumo em água potável.


29 de MAIO 2017 - Parceria entre Banco do Nordeste e Coca-Cola, que prevê investimentos de R$ 20 milhões até 2020, já está permitindo o uso de uma tecnologia inovadora e de baixo custo, com potencial para levar água potável a comunidades rurais e urbanas. Ainda em fase de teste, o piloto desenvolvido no município de Caucaia (CE) consiste na instalação de um sistema de geração e transferência de ozônio, capaz de transformar água imprópria para o consumo em água potável.

Escolhida entre 150 iniciativas, a ferramenta é desenvolvida pela Brasil Ozônio, empresa apoiada pelo fundo de participação Criatec II, cujo segundo maior cotista é o Banco do Nordeste.

O apoio do Criatec para a empresa tem como objetivos estruturar sua área comercial, proporcionar foco e escalabilidade do negócio nos mercados mais atraentes, profissionalizar os processos e a forma de gestão, bem como aplicar o plano de marketing para garantir sua visibilidade e relevância no setor.

Criatec 2

Com capital comprometido de R$ 186 milhões, o fundo Criatec 2 tem como objetivo apoiar cerca de 36 empresas com perfil inovador e faturamento líquido anual inferior a R$ 10 milhões, de forma a promover a sua capitalização e crescimento acelerado.

Brasil Ozônio

A Brasil Ozônio é uma empresa que atua no mercado de tratamento de água, gases, alimentos, ambientes e agronegócio. Seu principal diferencial está na flexibilidade de aplicação que a empresa conseguiu atingir a partir do seu gerador de Ozônio. No mercado brasileiro, a empresa é a única que consegue atingir níveis altos de concentração de Ozônio com custo reduzido.

Fonte: Blog do Robson Pires.

Durante atendimento no Paraná, enfermeiros encontram crânio em bolsa de paciente.


Enfermeiros acharam crânio enquanto 
procuravam documentos na bolsa da paciente 
(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

29 de MAIO 2017 - Enfermeiros encontraram um crânio humano na bolsa de uma paciente enquanto a atendiam em Castro, na região dos Campos Gerais do Paraná. O caso ocorreu em uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) 24 horas, no domingo (28). A Polícia Civil investiga o caso.

Segundo a polícia, a mulher de 34 anos foi encontrada embriagada e caída em uma rua da cidade. Então, foi levada à unidade de saúde. Os profissionais encontraram o crânio na bolsa enquanto procuravam os documentos dela.

À polícia, a paciente disse, preliminarmente, que estava passando pelo cemitério quando viu o coveiro com o crânio. Então, pediu a ele. Desrespeitar cadáveres ou suas cinzas é crime e pode dar detenção de um a três anos, além de multa.

Ela deve ser interrogada oficialmente na terça-feira (30). A prefeitura informou que vai se pronunciar sobre o caso depois do depoimento. O crânio foi encaminhado para perícia.

Por RPC Ponta Grossa

Fonte: G1

A trajetória da transexual nordestina que encantou o mundo da moda.


28 de MAIO 2017 - A cerca de 31,5 km da capital do Ceará, Fortaleza, o município litorâneo de Aquiraz conta com pouco mais de 78 mil habitantes. Em Paris, do outro lado do oceano, uma cidadã nascida e criada nesta pequena cidade nordestina entrou para a história como a primeira transexual a estampar a capa da revista de moda mais conceituada do mundo, a Vogue Paris. A trajetória bem-sucedida de Valentina Sampaio, de apenas 20 anos, vai na contramão do destino malfadado de parte das pessoas LGBTT no Brasil: apenas em 2016, foram cerca de 340 mortes motivadas por preconceito, de acordo com levantamento divulgado pelo Grupo Gay da Bahia, número recorde na história do país.

Ela, contudo, driblou as estatísticas e agora se junta a nomes como Carol Marra, Lea T. e Carmem Carrera na representação de uma nova voz para aqueles cujas oportunidades geralmente são relegadas ao descaso. “Eu já fui alvo de preconceito, mas isso não me derrubou. Segui em frente e procurei ser mais forte do que ele. Eu diria que todos precisam ter força porque a situação das trans é difícil e delicada. Muitas vezes não temos voz”, avalia a modelo. “Vi comentários preconceituosos logo depois das primeiras reportagens começarem a sair, mas procuro não me abalar com isso. Me preocupo em absorver as coisas boas”, completa.

Apesar dos casos pontuais de discriminação, como a vez em que teve um trabalho negado por uma marca descrita por ela como “conservadora”, Valentina diz não ter vivenciado uma infância conturbada ou uma relação conflituosa com os pais no despertar da transexualidade, constatada por volta dos 8 anos após uma visita ao psicólogo – a mãe é professora e o pai, pescador.

“A minha infância foi a melhor possível. Cresci rodeada pelos meus irmãos e tenho pais maravilhosos. São a minha base. Vê-los felizes é muito gratificante para mim. Mesmo estando longe, estou sempre conectada a eles, que acompanham tudo e estão muito orgulhosos. Enchem meu coração”, emociona-se. Floresceu a personalidade e surgiu o nome Valentina, agora conhecido em todo o mundo pelo pioneirismo na publicação, cuja importância reverbera tanto na moda quanto no ativismo. “Espero que essa discussão ajude de alguma forma a construir um futuro mais digno e humano. Esse assunto está sendo cada vez mais falado e estamos dando voz e oportunidade a pessoas que muitas vezes não tinham. Precisamos de mais respeito pelo próximo, para aceitar que todas as diferenças são enriquecedoras”, pontua a jovem.

Há aproximadamente cinco anos atuando profissionalmente como modelo, a cearense tem no currículo marcas reconhecidas, como as brasileiras Água de Coco, Morena Rosa, Schutz, Melissa, Skunk, EVA e as internacionais Armani e L’Oreal, da qual é embaixadora. Foi com essa última empresa, aliás, que a carreira de Valentina decolou em ascensão meteórica. Antes disso, chegou a se matricular em arquitetura em uma faculdade de Fortaleza, mas deixou o curso para estudar moda – graduação que também precisou abandonar para se dedicar às passarelas e aos ensaios fotográficos.

A visibilidade, proporcionada pelas participações em vitrines do mercado fashion brasileiro, a exemplo do Dragão Fashion, Minas Trend e São Paulo Fashion Week, resultaram na proposta irrecusável da Vogue. “Estava em São Paulo quando minha agência, a JOY Model, me comunicou que, dentro de cinco dias, eu precisaria estar na Europa para a sessão de fotos. Foi uma grande surpresa”, relembra ela. O ensaio para a publicação francesa ocorreu em Londres sob o comando de Mert Alas e Marcus Piggot. Entre um clique e uma pausa para retocar a maquiagem, não houve espaço para nervosismo: “A equipe me fez sentir bastante à vontade. Logo que vi os resultados dos primeiros cliques, fiquei ainda mais animada. Não faltaram momentos divertidos. Eles foram muito atenciosos e profissionais”, afirma.

O entrosamento tende a ser o mesmo em outros trabalhos, dentro do Brasil ou fora dele. A modelo vive na ponte aérea entre o país e a Europa para dar conta da demanda, mas o sacrifício é recompensado. “Tenho trabalhado bastante e sou muito grata ao que tem acontecido. Tem sido uma repercussão grande e muito positiva”, sentencia. De olho no mercado internacional mas sem deixar de prestar atenção à casa, Valentina avalia o cenário brasileiro de moda como promissor – “O Brasil tem muita identidade e cultura para mostrar. Temos muitas pessoas talentosas” -, embora se furte a citar nomes. Focando na sua terra natal, o Nordeste, a ponderação segue positiva, porém breve: “É uma terra muito rica em talentos e com muito para mostrar”.

Na agenda, além de desfiles e ensaios fotográficos, Valentina tem marcada para o segundo semestre a estreia da comédia Berenice procura, a primeira incursão pelo cinema. Dirigido por Allan Fiterman (Verdades secretas), o longa-metragem narra a história da taxista que dá nome ao filme, interpretada por Cláudia Abreu. A personagem costuma ouvir na rádio o programa policialesco e sensacionalista do ex-marido Domingos (Eduardo Moscovis) e decide se dedicar ao caso do assassinato de uma travesti no Rio de Janeiro, cidade em que é ambientada a produção. Valentina interpreta Isabelle, uma cantora. Para ela, foi uma “experiência maravilhosa” que pode se repetir em breve, já que há a vontade de enveredar pela profissão de atriz.

Nos cinemas ou no “habitat natural”, as passarelas, o futuro de Valentina Sampaio promete ser repleto de superlativos. Até o momento, no entanto, é incerto e se desenhará a partir dos projetos nos quais decidir embarcar. “Tudo é muito novo para mim. Estou no começo da minha trajetória e meus sonhos são os mais lindos. Pretendo realizá-los, um a um. A única certeza é que ainda há muito para fazer. Procuro sempre estar focada e fazendo meu melhor, sempre com profissionalismo”, planeja.

Pioneirismos
A projeção mundial alcançada por Valentina Sampaio encontra paralelo, em diferentes escalas, na visibilidade obtida por pessoas cuja trajetória virou bandeira pela valorização da liberdade sexual. Lea T foi a primeira trans brasileira a estampar a capa de uma revista de grande circulação no país, a Elle, em dezembro de 2011.

Caroline Cossay, inglesa, atuou em um filme da franquia 007 e chegou a posar para a revista Playboy “como mulher”, mas, em 1981, um tabloide revelou a sua transexualidade e a carreira foi afetada. A tailandesa Peche Di fundou, em 2015, a primeira agência voltada para modelos transexuais do mundo, a Trans Models NYC.

Diário de Pernambuco

Fonte: Blog do Robson Pires.

Cantor Expedido Baracho morre aos 83 anos no Grande Recife.


28 de MAIO 2017 - Conhecido como o 'maior seresteiro do Brasil', ele faleceu em decorrência de problemas cardíacos, neste sábado (27), em um hospital particular de Olinda.

O cantor Expedito Baracho, conhecido como o 'maior seresteiro do Brasil', morreu, neste sábado (27), em Olinda, no Grande Recife. Ele tinha 83 anos. Segundo a filha dele, Edja Baracho, o músico passou mal em casa.

Levado para o hospital, sofreu duas paradas cardíacas. O velório , conforme a família, não será aberto ao público. O enterro ocorrerá no domingo (28), às 11h, no Cemitério de Santo Amaro, na área central do Recife.

Baracho começou a carreira de intérprete em 1949. Acompanhava programas de calouros em emissoras de rádio em Pernambuco. Depois, foi convidado para integrar a orquestra do compositor de frevos Lourenço da Fonseca Barbosa, Capiba (1904-1997), que era formada por estudantes.

Em 1954, entrou para o grupo “Os Cancioneiros”, com o qual gravou vários discos. Na obra de Baracho também estão frevos, marchinhas carnavalescas, além das canções românticas. Nos últimos anos, cantava na noite, em Olinda, e acompanhava serestas na cidade.

Por G1 PE

O Câmera.

Casal em situação de rua que teve corpo queimado morre em Salvador, diz hospital.

Casal foi queimado no bairro de Sete Portas, na última terça-feira (Foto: Reprodução/ TV Bahia)

27 de MAIO 2017 - O casal em situação de rua que teve o corpo queimado na última terça-feira (23), no bairro Sete Portas, em Salvador, morreu na manhã deste sábado (27). A informação foi confirmada pela coordenação médica do Hospital Geral do Estado (HGE), onde as vítimas estavam internadas. De acordo com a unidade de saúde, um deles chegou a ter 98% do corpo queimado.

Segundo a polícia, as duas vítimas foram alvo de crime de vingança, que teria sido cometido por um homem conhecido como "Maluquinho", que também vive na rua. O casal dormia em um colchonete, encostado em um muro, na Sete Portas, quando foi atacado pelo suspeito.

"Maluquinho" teria cometido o crime porque ele e uma das vítimas teriam tido uma briga no domingo (22), após o suspeito mexer com uma mulher que passou na rua. Os dois teriam entrado em luta corporal.

Ainda segundo a polícia, o jovem falou que pessoas que passavam no local separaram a briga. Depois, já na madrugada do dia 23 de maio, "Maluquinho" foi até onde a vítima e a mulher dormiam, jogou álcool no casal e ateou fogo. Em seguida, o suspeito fugiu. Ele é procurado pela polícia.

Vítimas

Adriana da Silva Conceição, de 26 anos, conhecida como Índia, morava na rua com o namorado, que se identificou para a polícia como Caíque de Farias, de 23 anos. Segundo parentes da vítima, Adriana fazia uso abusivo de drogas e havia voltado a morar na rua em fevereiro deste ano. Desde então, a família procurava a jovem, mas não a encontrava. "Ela saía o dia todo e só voltava para dormir. Uma tragédia isso que aconteceu. Tem muita gente ruim e cruel nesse mundo", disse um familiar.

Segundo informações de parentes, o enterro deve acontecer na terça-feira (30), pois a família precisa providenciar a segunda via do registro original de nascimento de Adriana, o que deve ser feito na segunda-feira (29). Os parentes de Adriana não souberam informar o nome real do namorado dela e nem sobre familiares dele.

SALVADOR

Por G1 BA

Mãe morre após saber da morte do filho em chacina em Caruaru.


27 de MAIO 2017 - Uma mulher - de idade não divulgada - morreu após saber da morte do filho na noite de sexta-feira (26) em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, a mãe já estava fragilizada e a morte pode ter ocorrido em decorrência de problemas cardíacos. Mas, a causa ainda não foi identificada.

Segundo informações da Polícia Militar, o filho, que tinha 23 anos, foi uma das vítimas da chacina ocorrida na rua Goiás , no Salgado, também na noite da sexta. O corpo foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) em Caruaru.

CARUARU

Por G1 Caruaru

Atenção gente!!! Precisamos encontrar a família dessa pessoa.


Essa Senhora encontra-se na Clínica cirúrgica do Hospital Regional Tarcisio Maia, sem identificação, vítima de atropelamento na cidade de Umarizal-RN. Por favor, ajude-nos a localizar a família repassando essa mensagem . Qualquer informação entrar em contato com o Serviço Social do HRTM no telefone (84)3315-3390/3315-3392.

Via: Facebook Patricia Sandro.

Menina vive com doença rara no ES e tratamento custa R$ 88 mil por mês.


Thays precisa de um medicamento que custa muito caro e corre riscos no ES (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

27 de MAIO 2017 - Uma menina de 11 anos precisa de um remédio muito caro pra continuar viva. Cada frasco custa R$ 22 mil e ela precisa de quatro por mês. A Thays estava recebendo o remédio do Ministério da Saúde, mas o fornecimento foi suspenso.

O medicamento tem nome difícil. É o eculizumab que mantém a Thays bem. A menina tem Síndrome Hemolítico Urêmica Atípica (Shua).

A doença foi descoberta há um ano e não tem cura. O remédio é a única forma de controle, mas não é fornecido pelo SUS.

Os últimos frascos, a mãe da Thays, a vendedora Eloíza Miranda Gomes, conseguiu com o Ministério da Saúde por meio da Justiça.“Quando foi diagnosticada a doença a, a médica encaminhou a gente para a associação e ela começou a receber as doses. Mas só recebeu em dezembro e em janeiro. O problema é que o ministério da saúde recorreu e suspendeu o fornecimento do medicamento”, diz a mãe.

A preocupação da Eloíza é que restam só oito frascos e a Thays precisa de quatro por mês. Aa dosagem é de acordo com o peso. Se ela engordar, vai precisar de mais frascos, serão 6 frascos por mês. Hoje ela tem 29 kg. “Quero continuar tomando meu remédio para poder estudar, brincar, como ma pessoa normal”, diz a menina.


Frasco do medicamento Solaris custa R$ 22 mil (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

Doença

A Síndrome Hemolítico Urêmica Atípica atinge crianças e adultos também. É uma doença muito rara. Para cada um milhão de habitantes, 20 pessoas têm essa doença. No Espírito Santo, oito pessoas estão em tratamento.

A médica que acompanha a Thays explica que a doença pode ser genética ou surgir depois de uma infecção, com o uso de alguma medicação, vacinação, durante a gravidez. A doença pode atingir todo o organismo e trazer complicações para a saúde, inclusive matar.

“Aantes do medicamento era feito só um paliativo, cerca de 65% dos pacientes morriam ou evoluíam para diálise no primeiro ano da doença. Com o medicamento houve redução de 100% dos eventos hematológicos e reduziu em 95% as mortes de crianças e 60% as mortes de adultos”, diz a médica Buna Boreli

A Associação que conseguiu o medicamento para a Thays diz que está tentando voltar com o fornecimento. “Estamos tomando as medidas cabíveis para estabelecer a volta da entrega do remédio”, diz o advogado.

A Thays vive na expectativa de poder continuar bem, de poder sonhar em um dia poder cuidar não só da sua cadelinha de estimação, a rubi. “Espero ficar bem para cuidar dos animais. Quero ser veterinária”, comentou.

Ministério da Saúde

Em nota, o Ministério da Saúde explicou que para ser incorporado ao SUS, o medicamento necessita de registro na Anvisa e ainda passar pela avaliação de uma comissão especial.

O órgão ainda informou que esse remédio, o Solaris, já foi incluído na lista de produtos prioritários para avaliação divulgada no inicio desse ano.


A nota também ressalta que o Ministério da Saúde atende a todas as demandas judiciais. E que esse medicamento representa o maior gasto entre os dez remédios mais procurados.

Só no ano passado, foram gastos mais de R$ 613 milhões para atender a 442 pacientes.

ESPÍRITO SANTO

Por Fabíola de Paula, TV Gazeta

Programação de shows do São João de Mossoró é divulgada; confira.

Programação foi anunciada nesta quinta-feira (25) na Estação das Artes Elizeu Ventania (Foto: Carlos Costa/Prefeitura de Mossoró)

27 de MAIO 2017 - A prefeitura de Mossoró, no Rio Grande do Norte, divulgou a programação musical do Mossoró Cidade Junina deste ano. Atrações nacionais e regionais confirmaram presença nas festividades, que também darão destaque a músicos locais. “Será uma grande festa popular e com a diversidade cultural que sempre marcou o evento", afirmou o secretário de Cultura Eduardo Falcão.

O Mossoró Cidade Junina será realizado de 2 de junho a 2 de julho. Além de shows gratuitos na Estação das Artes Elizeu Ventania, o evento terá, na Avenida Rio Branco (Corredor Cultural), o “Pingo da Mei Dia”, que abre a programação musical no dia 10, e a “Boca da Noite”, festa de encerramento marcada para começar às 18h de 1º de julho.

A banda Aviões do Forró abre a programação na Estação das Artes no dia 15. No dia 24 é a vez de Michel Teló roubar os holofotes — a apresentação será transmitida pela Globo Nordeste. Outros destaques são Waldonys, Cavaleiros do Forró, Lagosta, Zezo e Gabriel Diniz.

Além de shows de música, o Mossoró Cidade Junina terá outras atividades, como festival de quadrilhas, passeios ciclísticos, seminários, lançamentos de livros, exposições, o espetáculo teatral "Chuva de Bala no País de Mossoró" e a "Cidadela", uma cidade cenográfica que imita a Mossoró dos anos 20. Acompanhe as novidades da programação pela página do evento no Facebook.

Shows na Estação das Artes

15/6: Saia Rodada, Jonh Modão e Aviões do Forró;
16/6: Lagosta, João Neto Pegadão, Felipe Costa e Forró dos 3;
17/6: Elas Cantam Brega, Darlan Dias, Zezo, Ciro Robson e Lucas Lima;
22/6: Farra de Playboy, Cavaleiros do Forró e Dimas Araújo;
23/6: Grupo Vina, Trio Mossoró, Amazan, Wonney Saraiva, Roberto do Acordeon e Forró Encaixe;
24/6: Forró com Ella, Naelson Junior, Junior Vianna, Michel Teló e Aline e Dayvid;
29/6: Brilhantes do Forró, Giuliam Monte, Waldonys e Gabriel Diniz;
30/6: Sirano e Sirino, Forró Classe A, Solteirões do Forró e Renata Falcão.

Corredor Cultural

10/6: "Pingo da Mei dia" — Nataly Vox, Forró dos 3, André Luvi, Giannini Alencar, João Neto Pegadão, Renata Falcão e Aline e Dayvid;
1/7: "Boca da Noite" — Ewerton Linhares, Felipe Grilo, Everaldo Rodrigues e Banda do Magão.

MOSSORÓ  RIO GRANDE DO NORTE

Por G1 RN

'O sorriso do meu filho é maior que qualquer brisa', diz usuário há 1 mês sem crack.


Diego posa ao lado de grafite na Cracolândia (Foto: Paula Paiva Paulo/G1)

27 de MAIO 2017 - Quando chegou à região conhecida como Cracolândia, no Centro de São Paulo, nesta segunda-feira (22), Diego Araújo de Oliveira, 27, encontrou um cenário bem diferente do que viveu nos seus últimos quatro anos. Um dia após a megaoperação contra o tráfico de drogas, as ruas estavam vazias e o policiamento, reforçado.

Usuário de crack, ele está há quase um mês sem usar a droga. "Hoje tenho paz comigo mesmo e me sinto feliz de acordar limpo", afirmou. “O sorriso do meu filho é maior que qualquer brisa.”

Diego ainda vai diariamente ao local, mas para utilizar os equipamentos públicos. Ele faz academia, vê filmes, usa o computador para acessar o Facebook e lê jornais durante o dia. De noite, dorme em um albergue municipal na Barra Funda, na Zona Oeste da cidade.

O amor ao filho de 4 anos, diz ele, é o que o fortalece para deixar o vício. Ele não acredita na melhora pela internação compulsória, que foi proposta pela Prefeitura de São Paulo. "Obrigatório não adianta, tem que ser uma vontade da pessoa, voluntária. Se não, quando a pessoa sair, ela vai sair mais revoltada, porque vai passar por algo que não admite que ainda precisa. E a recaída é dez vezes pior."

Veja o depoimento de Diego ao G1:

"Há quatro anos eu conheci a Cracolândia, depois que me separei da minha mulher, Adriana. De tempo em tempo eu ia para casa, em Cidade Tiradentes, via meus pais e minha ex-esposa. Mas a gente brigava e para mim já era motivo para usar crack. Colocava a culpa na Adriana, mas na verdade o vício já estava em mim.

No começo da minha vida na rua eu pegava reciclagem, tinha carroça. Passei quase três anos assim. Mas, passado um tempo, o dinheiro da reciclagem não estava suprindo... Eu comecei a ficar muito ambicioso, queria andar com roupa boa, com droga, com caixinha de música. Aí comecei a roubar celular. Fui preso duas vezes na mesma semana e fiquei cinco meses no Centro de Detenção Provisória (CDP) Belém 2.

De tudo o que aconteceu na minha vida, essa foi uma das coisas mais marcantes, me privar da minha liberdade. Não poder ver meu filho. Lá dentro, eu pensei em muita coisa. Com muita angústia, muita saudade. Criei planos lá dentro, de voltar a trabalhar como mecânico de ar-condicionado. A Adriana me escrevia cartas, dizia que me amava.

Mas quando eu saí da cadeia, ela me disse que estava namorando. Aí caí no uso. Fumava crack para tentar esquecer aquela dor.

Meu fundo do poço de verdade foi num dia de chuva. Sabendo que eu tinha condições, tinha casa, me vi na chuva sem manta, sem blusa, dormindo dentro de um saco.

Não queria passar por isso tudo de novo. Pensei: "Quer saber? Vou bater de frente com o meu problema". Estou quase um mês sem crack. É uma luta diária. Vontade dá, mas coloco situações e pessoas acima do prazer que a droga me trazia. O sorriso do meu filho é maior do que qualquer brisa.

E tenho objetivos. A minha meta agora é conseguir um espaço na sociedade. Voltar para minha profissão de mecânico de ar-condicionado e ter algo meu, nem que seja alugado. Hoje tenho paz comigo mesmo e me sinto feliz de acordar limpo. Pela vontade de ver meu filho, de ser o pai que ele merece ter.”


Diego está há um mês sem usar crack (Foto: Paula Paiva Paulo/G1)

Por Paula Paiva Paulo, G1 SP, São Paulo

‘Primeiro-marido’ gay faz sucesso em foto com primeiras-damas da Otan


27 de MAIO 2017 - Uma foto supostamente tradicional da reunião da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) em Bruxelas está fazendo muito sucesso na internet. Tudo porque a imagem das primeiras-damas no encontro ganhou neste ano uma presença inédita na foto: um “primeiro-marido”. Ele é Gauthier Destenay, casado com o primeiro-ministro de Luxemburgo, Xavier Bettel.

Além de Destenay, posaram para a foto rostos já conhecidos pelo mundo todo. Estão a primeira-dama americana, Melania Trump; a nova primeira-dama francesa, Brigitte Macron; a rainha Matilde, da Bélgica; a primeira-dama da Turquia, Emine Gulbaran Erdogan; a mulher do secretário-geral da Otan, Ingrid Schulerud, além das primeiras-damas da Bulgária e Islândia.

Fonte: Blog do Robson Pires.

Soltos no pátio, presos consomem droga em penitenciária onde 88 fugiram no RN


Presos circulam livremente dentro da PEP desde que grades das celas foram arrancadas (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

26 de MAIO 2017 - Na manhã desta sexta-feira (26), detentos da Penitenciária Estadual de Parnamirim (PEP) foram vistos consumindo drogas dentro da unidade. Uma equipe da Inter TV Cabugi entrou no presídio e flagrou também a falta de estrutura e o sucateamento das guaritas de vigilância, onde ficam policiais militares. A unidade foi palco da fuga de 88 presos nesta quinta-feira (25), a maior debandada da história do sistema prisional potiguar.

O comandante da Guarda da Polícia Militar, sargento Stuart, autorizou a entrada da equipe da Inter TV Cabugi nas guaritas. Da guarita número 3, é possível ver os presos livres no pátio. Os detentos fumam maconha e agem normalmente, sem ser importunados.

Segundo o secretário da Sejuc, Luis Mauro Albuquerque, os presos da PEP estão soltos dentro da unidade desde 2015, quando houve uma rebelião generalizada e as grades das celas foram arrancadas. O resultado disso é que os detentos circulam livremente pelos dois pavilhões e áreas de convivência da penitenciária.

Estrutura precária

A equipe da Inter TV Cabugi teve acesso às guaritas e constatou a falta de iluminação elétrica e encontrou janelas quebradas. A guarita 4 do presídio fica a cerca de 10 metros do buraco por onde os presos escaparam. Os policiais improvisam usando um espelho para ampliar o campo de visão no local. A visão no local é reduzida pois, além de a abertura ser pequena, um muro foi construído no local e, por causa da distância, os guariteiros não conseguem enxergar o que acontece do lado de fora, perto do muro.

Um policial militar que não quis ser identificado estava trabalhando na hora da fuga e contou como foi. “Foram muitos tiros, mas eles não paravam de correr. Um colega se arriscou, foi no lado de fora pra ver mais ou menos onde era o buraco, e eles ficaram tentando dar o apoio. Conseguiram achar o buraco e evitar que cerca de 280 presos saíssem”, afirmou o policial.



Policiais precisam se encostar à janela da guarita para ver muro; espelho improvisado amplia campo de visão (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

O secretário reconhece que falta de efetivo também prejudica a segurança do presídio. "Quatro agentes pra tomar conta de 589 internos é humanamente impossível. Seriam necessários, só no plantão, 15 agentes por turno pra fazer o serviço", informou. Ele ressalta que este problema deve ser resolvido com o concurso público para agentes penitenciários que está em andamento.

Segundo Luis Mauro, os presos foram transferidos do pavilhão onde começa o túnel para instalação de grades. A Sejuc também criou, junto com a Secretaria de Estado de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), uma força-tarefa para recapturar os fugitivos. Até agora, nove dos 91 foram recapturados.


NATAL  RIO GRANDE DO NORTE

Por Marksuel Figueredo, Inter TV Cabugi

Fonte: G1

Publicidade