Funcionário dos Correios é afastado suspeito de desviar cheques de correspondências


Funcionário dos Correios no Paraná foi afastado suspeito 
de desviar cheques assinados e depositar valores em uma 
conta corrente pessoal, segundo a PF 
(Foto: Divulgação/Polícia Federal)

27 de JUNHO 2018 - Um funcionário dos Correios foi afastado da função suspeito de desviar cheques de correspondências e depositar os valores em uma conta corrente pessoal, segundo a Polícia Federal (PF).

Nesta quarta-feira (27), policiais federais cumpriram mandados de busca e apreensão e de suspensão do exercício da função pública no Centro de Distribuição Domiciliária dos Correios, em Araucária, onde trabalhava o funcionário e na cidade da Lapa, onde ele mora.

Os mandados foram expedidos pela 23ª Vara Federal de Curitiba.

Conforme a PF, as investigações apontaram que o homem desviava folhas de cheque já preenchidas e assinadas de correspondências e relatava extravio das encomendas.

A polícia informou que o prejuízo aos clientes com os desvios do suspeito passam de R$ 43 mil.

O homem é investigado pelo crime de peculato, segundo a polícia, que prevê pena de até 12 anos de reclusão.


Policiais federais cumpriram mandados de busca e 
apreensão no CDD dos Correios de Araucária, na 
Região de Curitiba, onde o funcionário suspeito de 
desviar cheques de correspondências trabalhava 
(Foto: Divulgação/Polícia Federal)

Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

ARAUCÁRIA  CURITIBA  LAPA

Por G1 PR, Curitiba

Comentários