Governo prevê economia de R$ 9 bilhões ao adiar reajuste de servidores para 2019


11 de AGOSTO 2017 - Com dificuldades para fechar as contas, o governo deve anunciar uma série de medidas para conter gastos com o funcionalismo, entre elas o congelamento dos reajustes dos servidores do Executivo, previstos para 2018.

Também está sendo negociada a fixação de um limite de R$ 5 mil para os salários de servidores em início de carreira e corte de gastos em benefícios como auxílio-moradia, auxílio -reclusão e ajuda de custo.

Fonte: Blog do Robson Pires.

Comentários